Na Geral

Loading...

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Em Rio Verde, professora com atrofia muscular tem ajuda de alunos para lecionar

Crianças dão comida na boca dela, folheiam livros e a levam para salas. Profissional disse já ter duvidado que conseguiria trabalhar: 'Aqui é possível'.
Diagnosticada com atrofia muscular, a professora Laureane Marília de Lima Costa não possui o movimento das pernas e dos braços e mexe as mãos com dificuldade. Além disso, para se locomover, ela utiliza uma cadeira de rodas. Apesar das limitações físicas, a pedagoga continua exercendo a profissão, pois conta com a ajuda dos alunos - crianças entre 6 e 14 anos – para lecionar em um colégio de Rio Verde, no sudoeste de Goiás.

Tia Nanis, como é carinhosamente conhecida pelos 45 estudantes, começou a trabalhar na escola como voluntária. Há oito meses, ela faz parte do quadro de funcionários de uma organização não governamental (ONG) que oferece atividades para a instituição.
Os alunos ajudam a professora com gestos simples, mas que são essenciais, como colocar comida na boca dela, folhear livros ou levá-la para outras salas. Ela revela que chegou a questionar se poderia trabalhar na área de formação.

"Mesmo fazendo faculdade eu tinha muitas dúvidas se algum dia eu conseguiria trabalhar ou exercer alguma atividade mesmo, porque os desafios são muitos. Aqui na escola isso é possível", diz.
A sintonia é tão grande que os estudantes tiveram a ideia de fazer uma campanha para adquirir uma cadeira de rodas motorizada para a professora.

Adaptações

Para que Nanis pudesse participar de todas as atividades oferecidas pela escola, também foram feitas algumas adaptações na unidade. Uma rampa foi construída para que ela conseguisse ser levada até o pátio, que foi concretado para facilitar a participação dela nas atividades recreativas.

"A gente que tem que se adaptar a ela e não o contrário. Quando a gente vê as mudanças acontecendo e que ela se sente ainda mais integrada nesse grupo é maravilhoso também como aprendizado, tanto para a equipe pedagógica quanto para essas crianças", diz Caroline Acari, diretora da escola.

Para a professora, a troca de amor é uma forma de tornar a vida mais feliz. “O meu problema não era tão grande assim. Se elas eram capazes de sorrir para mim, mesmo enfrentando tantas dificuldades, eu também tinha que ser capaz de sorrir para elas", declara. (Fonte: G1) 

Neste sábado tem Bazar Pestalozzi. Colabore!

Mais um bazar acontecerá nesse sábado dia 29 de agosto, a partir das 8:30h na sede da Pestalozzi, situada a Rua Clodoaldo Resende 37, Setor Gedda. Antiga Escola Estadual Washington Barros. 
Diversos produtos estarão à venda como roupas e sapatos novos e usados, acessórios de cozinha de R$ 0,50 a R$ 5,00,
rasteirinhas, Cintos e carteiras masculinos, de couro e sintético, novos de R$ 5,00
Qualquer um desses produtos que adquirir você estará ajudando várias pessoas em dificuldade. 
Colabore! Dê esperança para quem está bem pertinho de você.

Contamos com a colaboração de todos!!!!!!!
Obrigada em nome do Movimento Pestalozziano!!!!

Flávia Cabral
64-96064148
PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO PESTALOZZI DE JATAÍ
Conselheira do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência de Jataí
Membro do Conselho Consultivo da APAE de Jataí

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Vereador e presidente da Câmara Municipal de Jataí fala de assunto polêmico

Foto: Luiza Ruscitti
Áudio e reportagem por Gideone Rosa
Nesta quarta-feira estivemos com o Marcos Antonio, ele que é vereador e presidente do Legislativo jataiense, para falar de algumas questões como a que está movimentando a cidade, é o caso do projeto de redução de salários dos vereadores, proposta essa defendida pelo vereador Thiago Maggione.
Sobre esse assunto Marcos Antonio disse ser contra por várias razões, pois segundo ele reduzir salário não é uma questão tão simples a nível micro, mas sim a nível macro, ou seja envolve toda administração do município que vai desde o executivo até o legislativo.

Sobre o desenvolvimento de nosso município o presidente do legislativo disse que os avanços serão significativo e que, ainda para esse ano, muito começará a acontecer, como é o caso da Granja Jataí e a Indústria de Bebidas Arco-Íris. Para o próximo teremos a instalação de um atacadão, nos moldes do que já existe na vizinha cidade de Rio Verde e uma universidade que também será instalada em nosso município que a médio longo prazo vai oferecer em torno de 10 cursos de nível superior. O vereador não quis adiantar maiores detalhes desses investimentos para que se evite maiores especulações.

Questionado sobre mudanças em nossa economia  Marcos Antonio disse que Jataí terá, em um curto espaço de tempo, um boom no desenvolvimento em nossa economia que vai gerar milhares de empregos com as empresas que estarão se instalando em nosso município. Em off, o vereador citou o novo aeroporto de Jataí. Segundo ele nosso aeroporto está entre os 10 aeroportos do país, em prioridade, que terá suas obras reiniciadas até o final deste ano.

Sobre política o presidente deixou claro que a câmara está em sintonia com o executivo e que os vereadores estão trabalhando para que cresça de forma sustentável zelando pelo bem do jataiense. O vereador falou  do trabalho árduo desenvolvido por todos os vereadores em função desse crescimento de Jataí, fazendo contatos com empresários e políticos tanto na esfera estadual como também na esfera federal. Sobre suas pretensões políticas disse que fará aquilo que estiver na vontade do eleitor goiano, mas que nesse momento sua  principal preocupação é o bom desenvolvimento de Jataí. 
Escolha um modo para ouvir:

Check this out on Chirbit

Clic para ouvir



terça-feira, 25 de agosto de 2015

Ex-presidente da Câmara Municipal de Jataí é condenado por improbidade administrativa

Ediglan Maia quando vereador
O ex-presidente da Câmara Municipal de Jataí Ediglan da Silva Maia e o ex-diretor administrativo da Câmara Ozélio de Assis foram condenados por ato de improbidade administrativa, depois de apurada fraudes à licitações. A sentença é do juiz Thiago Soares Castelliano Lucena de Castro, que julgou procedente ação do Ministério Público.

Segundo investigação promovida pelo MP, Ediglan da Silva Maia, no período entre 2005 e os primeiros meses de 2008, assinou diversos contratos com valores inferiores a R$ 8.000,00, de forma a dispensar procedimentos licitatórios. A medida servia, além da dispensa de licitação, como uma maneira de beneficiar outros funcionários, que tinham empresas, próprias ou de familiares, contratadas.

Conforme a ação, proposta pela promotora Patrícia Almeida Galvão, o ex-presidente da Câmara Municipal de Jataí chegou a beneficiar a própria família com o esquema. De acordo com as investigações, uma das empresas de informática contratadas por Ediglan pertence ao seu cunhado. A Globo Informática Ltda foi contratada pelo valor de R$ 48.492,00.

Quanto a Ozélio de Assis, o ex-diretor administrativo foi acionado por não relatar ao Tribunal de Contas de Jataí ou a outros órgãos de controle as fraudes realizadas por Ediglan enquanto presidente da Câmara. Ozélio chegou a contestar ação por não ter poder de mando nem participar da ação de licitação, mas, segundo o juiz, sua condenação assume caráter punitivo, por ter se omitido quanto a fraude.

Diante dos fatos, o juiz aplicou a Ediglan da Silva Maia as sanções de ressarcimento integral do dano, cujo valor é de R$ 680.678,64; suspensão dos direitos políticos pelo prazo de 8 anos; pagamento de multa civil no valor de R$ 680.678,64; e perda de cargo público, caso exerça algum.

Para Ozélio de Assis, ficou definido, além do ressarcimento integral do dano, a perda do cargo público na Controladoria Interna ou Seção de Licitação, a suspensão dos direitos políticos por 5 anos e o pagamento de multa civil correspondente a dois vencimentos atuais.

Ana Carolina Jobim / MP-GO – Supervisão de Estágio: Ana Cristina Arruda)

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Vereador João Rosa indignado com nota de jornal

Associando o vereador sobre obra do novo aeroporto de Jataí, um dos maiores jornais impressos do Centro-Oeste cita João Rosa na nota intitulada "Cadê o dinheiro do aeroporto?" O vereador deixou claro que não está nada satisfeito com a publicação do jornal e dispara enviando mensagem de repúdio dizendo que ninguém está autorizado a falar coisa alguma em seu nome seja qual for o tema, o assunto. 

Veja a nota

João Rosa contesta nota publicada por jornal
"O vereador João Rosa (PR) contestou o teor da nota “Cadê o dinheiro do aeroporto?”, publicada na coluna “Giro Político” na edição 1.104 do jornal Folha do Sudoeste. “Eu não fiz as afirmações atribuídas a mim pelo texto e nem autorizei ninguém a falar em meu nome sobre esse assunto”, declarou o parlamentar. “Quando eu resolver me pronunciar sobre tal tema (o andamento das obras do futuro aeroporto de Jataí), vou procurar a imprensa e irei me expressar com minhas próprias palavras, sem intermediários”.

Aconteceu na Câmara Municipal de Jataí

Foto: Gidros
Câmara realiza segunda temporada de sessões de agosto

Será aberta nesta terça-feira, dia 25, às 14 horas, a segunda temporada de sessões ordinárias da Câmara Municipal de Jataí no mês de agosto. Toda a comunidade está convidada a comparecer ao plenário João Justino de Oliveira, mas quem não tiver condições poderá acompanhar tudo ao vivo pela TV ou pela Rádio Câmara, por meio do site www.camarajatai.go.gov.br. Também estão previstas sessões para os dias 26 e 27, no mesmo horário.

Thiago solicita construção de muro para escola municipal

O vereador Thiago Maggioni solicitou ao executivo a construção de um muro na Escola Municipal Leopoldo Nonato de Oliveira. A intenção é proporcionar mais segurança àquela unidade de ensino, que conta atualmente com um muro de placa muito baixo.

Soró requer término do asfalto em rua do conjunto Dorival de Carvalho

O vereador Nilton César Soró requereu à administração municipal o término do asfalto da Rua José Jajah, no setor Santa Terezinha. Ele informa que faltam apenas alguns metros para a finalização da obra, o que acabaria com os transtornos causados pela poeira ou pela lama naquele trecho.

Adilson reivindica limpeza de praça no setor Sodré

O vereador Adilson Carvalho reivindicou à prefeitura a realização de limpeza e poda de grama da Praça Manoel Fernandes de Resende, no setor Sodré. Localizada entre as ruas Riachuelo, P2 e André Luís, a praça apresenta um gramado muito alto, que dificulta o trânsito normal de pedestres e propicia o acúmulo de lixo e pragas daninhas.

MT cria grupos de trabalho para acompanhar concessões de rodovias e ferrovias

Ilustrativa Google
Colaboração de Rhoni Vasconcelos
Dois grupos de trabalho formados por representantes do Ministério dos Transportes e suas vinculadas, Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Empresa de Planejamento e Logística S.A. (EPL), Valec e pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) vão coordenar as atividades necessárias para a realização de leilões das concessões rodoviárias e ferroviárias. A criação dos grupos foi oficializada em portarias publicadas no Diário Oficial desta segunda-feira (24/8). De acordo com a publicação, os grupos de trabalhos ficarão responsáveis por acompanhar os estudos elaborados que se referem aos trechos: 

Rodovias
• BR-364/060/MT/GO;
• BRs-163/230/MT/PA;
• BRs-476/153/282/480/PR/SC;
• BR-364/GO/MG.

Ferrovias
• Estrela D ́Oeste (SP) – Dourados (MS)
• Sapezal (MT) - Porto Velho (RO)
• Sinop (MT) - Miritituba, distrito de Itaituba (PA)

Lúcia Vânia se filia ao PSB na quarta-feira, 26

Na próxima quarta-feira, dia 26, a senadora goiana Lúcia Vânia, foto, se filia ao seu novo partido, o PSB, em Goiânia. O evento acontecerá na Câmara Municipal da cidade a partir das 9h, no Auditório Jaime Câmara.

Estão confirmadas as presenças de lideranças nacionais do partido como os governadores Rodrigo Rollemberg, do Distrito Federal, Paulo Câmara, do Pernambuco, e Ricardo Coutinho, da Paraíba. Senadores, além de lideranças estaduais, também comparecerão.

O presidente do PSB Goiás, ex-prefeito de Senador Canedo e candidato ao governo estadual nos anos de 2010 e 2014, Vanderlan Cardoso, afirmou que o partido ganha muito com a filiação de Lúcia Vânia.

“Saímos na frente com a chegada da senadora ao PSB, já que Lúcia Vânia ajudará na coordenação do partido em Goiás. Sua vinda é apenas uma prova de que o partido continuará crescendo não só no estado, mas em todo o Brasil”, salientou Vanderlan Cardoso.

Senadora Lúcia Vânia
Nascida em Cumari e formada em jornalismo, Lúcia Vânia foi a primeira mulher eleita deputada federal e a primeira mulher eleita senadora por Goiás.

A trajetória política começou como primeira dama de Anápolis, em 1974. Foi eleita três vezes deputada federal em 1987; 1991 e 1999. E no fim do terceiro mandato, mais precisamente em 1995, recebeu a missão de comandar a Secretaria Nacional de Assistência Social do então presidente, Fernando Henrique Cardoso. Como secretária, implantou, entre outros projetos, a nova política de Assistência Social do país e o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI).

Em 2010, Lúcia Vânia foi eleita primeira mulher no Senado a representar Goiás, com mais de  um milhão de votos.  Reeleita com mais de um milhão e meio de votos.

No Senado, Lúcia Vânia foi relatora da chamada Lei Maria da Penha, do Projeto de Lei que recriou a Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste) e atualmente, como Ouvidora do Senado, conseguiu tornar mais transparente a relação da Casa com a população.

Conhecida por sua visão municipalista, Lúcia Vânia destina recursos a todas as cidades goianas, por meio de emendas parlamentares, e defende a criação de um Novo Pacto Federativo, que beneficie os municípios e os Estados. Por isso, assumiu uma das relatoras setoriais da comissão especial para o aprimoramento do Pacto Federativo (CEAPF) do Senado.

Também está envolvida, em 2015, com a Reforma Política, como membro da comissão criada para este fim. Entre as comissões permanentes, a senadora acompanha de perto os trabalhos desenvolvidos pelas comissões de Assuntos Econômicos e de Assuntos Sociais.

O PTB poderá lançar candidatos a prefeito de Goiânia, Jataí e várias outras cidades goianas

Jerry Lewis e Jovair Arantes
O PTB goiano está à cavaleiro quando o assunto são eleições de Goiânia, Jataí e outras cidades. Pode apoiar qualquer um e pode deixar de apoiar todos.

Por Carmelita Xavier
O PMDB está de olho gordo no passe de Jovair Arantes. As conversações já foram iniciadas, mas não há nada definido. O PT também segue de olho grande no deputado.
A surpresa pode ser a candidatura do próprio Jovair Arantes, que não está descartada. Há o recall da eleição passada e há, entre os petebistas, o sentimento de que a população arrependeu-se de ter votado no prefeito Paulo Garcia e, agora, poderia votar no petebista.

Jataí- Segundo o presidente local do partido, Jerry Lewis, ao contrário da situação na capital, por aqui a maioria da população que elegeu o atual prefeito  Humberto Machado está satisfeita e otimista e tem receio de uma mudança brusca e sem critérios na busca de um “salvador da pátria”, porém a hora é de apresentar nomes sensatos  para suceder Humberto, e o PTB tem nomes competitivos. “Recentemente estive com o Deputado Jovair, nosso líder maior e lhe apresentei um grande empresário local do ramo agropecuário e comércio atacadista, que está disposto a por seu nome em apreciação popular. Ainda segundo Lewis, o PTB sempre foi companheiro das decisões políticas da base governista estadual, e agora apresentará nome próprio para o pleito municipal de 2016.

EM RIO VERDE, HOMEM É EXECUTADO COM MAIS DE 10 TIROS ENQUANTO TRABALHAVA

O crime aconteceu no início da noite desta quinta, (20) dentro de uma oficina no bairro Vila Maria região leste da cidade

Lucas Antônio Becker, de 44 anos morreu no local atingido por dez tiros sendo; cinco nas costas, um na região lateral do corpo três na região frontal, um no braço e outro na mão.

De acordo com informações de testemunhas à Polícia Militar, dois homens em uma motocicleta escura usando roupas e capacetes escuros pararam em frente ao estabelecimento e um deles desceu do veículo e foi em direção a vítima. O homem tentou correr para os fundos da oficina mas o autor entrou atirando, e quando Lucas caiu no chão ele voltou para a motocicleta e fugiu com um comparsa.

Doze cápsulas calibre 380 e seis projéteis do mesmo calibre foram colhidos pela perícia que em um primeiro exame detectou dez perfurações no corpo. De acordo com um familiar que foi até o local e passou o nome completo e idade, Lucas era usuário de drogas e ficou preso por oito meses no Estado de Tocantins, mas não soube informar a razão de sua prisão. (Fonte: Ronda Policial RV)

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Nos seis primeiros meses deste ano 120 estrangeiros receberam autorização para trabalhar em Goiás, superando o ano de 2014

           
A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Goiás divulga nesta sexta-feira (21) o balanço das autorizações de trabalho emitidas pela Coordenação Geral de Imigração (CGIg/MTE). Com isso, constatou-se que de janeiro a junho deste ano 120 estrangeiros realizaram alguma atividade laboral no Estado. O relatório coloca Goiás em 9º posição no Ranking dos Estados mais procurados por estrangeiros neste ano e em primeiro na região Centro-Oeste.
            Segundo o Superintendente Regional do Trabalho e Emprego em Goiás, Arquivaldo Bites, em 2014 foram emitidas 110 autorizações, portanto, “pode-se afirmar que em 2015 o número de estrangeiros tem a possibilidade de  duplicar, reflexo da nossa economia”, afirmou Bites.
            Os principais países de origem dos estrangeiros foram: EUA, Reino Unido, Portugal e Canadá. Já as atividades econômicas: artes cênicas, transmissão de energia elétrica, clubes sociais e Hotéis.
            Desde dezembro de 2013 os pedidos de autorização de trabalho a estrangeiros são realizados pelas empresas diretamente no site www.mte.gov.br, no sistema Migranteweb. Com esse procedimento, a empresa ou entidade encaminha a documentação digitalizada diretamente pelo sistema, tornando o processo do pré-cadastro totalmente digital. O uso da certificação digital reduz consideravelmente o tempo de análise dos processos, proporcionando maior agilidade e segurança.

Thiago Maggione mexendo no vespeiro

O vereador jataiense, Thiago Maggioni (PSDB), apresentou nesta semana, mais precisamente na última quarta-feira (19), durante entrevista na TV Sucesso, uma proposta de reduzir os salários dos vereadores no próximo mandato. Segundo ele, devido o projeto mudar o regimento interno da Câmara, ele não pode protocolar o mesmo, pois segundo a lei, este tipo de projeto deve partir da mesa diretora do legislativo.

De acordo com o parlamentar como o projeto ainda não foi apresentado pela mesa diretora, e existi uma onda em algumas Câmaras do País em reduzir o salário dos vereadores, no intuito de reduzir os gatos públicos. Ele juntamente com o Vereador Vinicius Luz esta propondo a sociedade jataiense para protocolar um projeto de iniciativa popular, e para isso é necessário a assinatura de 5% dos eleitores de Jataí.

A proposta do vereador é de reduzir o salario dos parlamentares para Dois Salários Mínimos, eles deixariam de receber cerca de Seis Mil Reais e passaria a receber aproximadamente Um Mil e Quinhentos Reais.

O Vereador afirmou que a partir da semana que vem estará sendo disponibilizados alguns pontos na cidade para coletar as assinaturas da população para que o projeto seja protocolado.
Thiago Magione ainda ressaltou que é importante que as pessoas entendam que vereador não é uma profissão. “Não existe profissão de vereador, é uma função ideológica.” Ele ratificou também que não será mais candidato a vereador em Jataí.

Radio Line link 2