Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Concurso Público Municipal

sábado, 14 de julho de 2018

Impacto negativo na economia do Sudoeste Goiano e de Goiás (JN)

BRF anuncia distrato com 64 aviários de Rio Verde
Empresa encerrou a produção de perus em Mineiros e agora também reduzirá o abate de frangos na unidade rioverdense

Depois de encerrar o abate de perus em sua unidade de Mineiros, a BRF Foods notificou o distrato de contratos com 64 aviários integrados em Rio Verde. Outros 100 aviários devem ser notificados sobre o encerramento de seus contratos em breve. 
O clima nos dois municípios do Sudoeste Goiano é de grande preocupação com demissões e a redução da atividade econômica.

Em meados de junho, a empresa anunciou que encerraria apenas o abate de perus em Mineiros por causa do fechamento do mercado europeu. Na ocasião, o vice-presidente Global de Eficiência Corporativa da BRF, Jorge Lima, disse que a produção seria concentrada na unidade de Chapecó (SC), por questões de abertura de mercado. “Não temos onde vender, por isso não dá mais para continuar produzindo perus na quantidade que produzimos”, afirmou. A produção foi finalizada no início desta semana.

Mas, na semana passada, a empresa também começou a notificar produtores de frango integrados de Rio Verde do fechamento de 16 módulos de produção de frango, que equivalem a 64 aviários da região. De acordo com o presidente da Federação da Agricultura de Goiás (Faeg), Bartolomeu Braz, tudo indica que outros 100 aviários também serão notificados. Segundo ele, isso significará uma redução de 18% na produção de frangos da BRF na região. “Será um impacto em toda a cadeia produtiva, gerando desemprego”, diz.

O setor tenta fazer com que o ministro Blairo Maggi intervenha junto à BRF. Bartolomeu informa que os produtores já propuseram uma redução da produção anual para não fechar os aviários, o que não foi aceito pela empresa. Eles também tentam ser recebidos pela direção da BRF. “Todos fizeram pesados investimentos e, agora, por problemas de gestão, mandam fechar os aviários”, ressalta.

A região possui 166 produtores integrados e 246 núcleos de produção de aves, o equivalente a mil aviários. O presidente da Associação dos Granjeiros e Integrados em Terminação de Rio Verde (Aginterp), Osvaldo Soerger, conta que a empresa prometeu indenizar os produtores, de acordo com os termos de cada contrato individual. Em média, são cerca de seis meses de indenização. Alguns, cumprirão seis meses de aviso, período em que continuarão produzindo.

Mas, segundo ele, o clima entre os integrados é de grande apreensão. As entidades representativas do setor discutem alternativas possíveis, que incluem até a construção de um frigorífico, o que seria uma solução mais a longo prazo. Osvaldo informa que eles também já procuraram outras indústrias da região, como a Pif Paf, que só poderão sinalizar a possibilidade de absorver algumas granjas depois do mês de setembro.

Alguns produtores já estão há 30 dias com o aviso de desligamento nas mãos e propuseram até arcar com os custos de ociosidade das granjas durante um período, enquanto a BRF recupera seus mercados, mas não tiveram resposta. Os aviários já começaram a demitir: serão 120 funcionários de imediato, com 70 mil frangos deixando de ser abatidos por dia.

A BRF informou que os termos contratuais vigentes serão honrados junto aos atuais integrados de perus em Mineiros. Segundo a empresa, os distratos em Rio Verde fazem parte do plano de reestruturação operacional e financeira da companhia, que visa melhorar sua estrutura de capital por meio da redução de sua alavancagem.

Mineiros
Com o encerramento do abate de perus na BRF de Mineiros, 140 granjas já estão paradas e 540 funcionários estão sendo demitidos. O presidente da Federação da Agricultura no Estado de Goiás (Faeg), Bartolomeu Braz, lembra que a empresa chegou a dizer que essas granjas passariam a produzir frangos. “Não acreditamos mais nessa possibilidade”, destaca.go A empresa prometeu honrar os contratos de financiamento dos produtores junto ao FCO. 

Segundo ele, apesar de a BRF não confirmar, há informações de que 500 funcionários da indústria, que abatia 25 mil perus por dia, foram demitidos.

O vice-presidente da Associação dos Avicultores Integrados da Perdigão em Mineiros, Fábio Leme, acredita que as demissões continuarão, o que já impacta a economia local. “Estamos muito preocupados, pois um terço da economia do município gira em torno da avicultura. Na cidade, não há emprego para todos”, afirma. Ele lembra que, em 11 anos de integração com a BRF, os produtores fizeram R$ 280 milhões em investimentos.

Fonte: O Popular

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Agricultura Familiar distribui hortaliça a moradores dos residenciais Cidade Jardim I e II

Com objetivo de combater o desperdício de alimentos em nosso município e ainda, de promover a segurança alimentar da população que se encontra em situação de vulnerabilidade social, a Prefeitura de Jataí, por meio do Banco de Alimentos está realizando a distribuição de hortaliças oriundas da agricultura familiar local, para os moradores dos residenciais Cidade Jardim I e II.

A ação tem apoio das secretarias de Desenvolvimento Social e Cidadania e de Segurança Pública e Defesa Social e está ocorrendo desde o final do mês de junho.

As distribuições acontecem de acordo com a quantidade de alimentos que são recolhidos e transportados até a sede do Banco de Alimentos. As demandas são destinadas primeiramente as entidades sociais credenciadas ao Programa de Aquisição de Alimentos – PAA e a outra parcela atenderá os moradores dos residenciais.

Boletim Linkedin/JN de informações

Avianca forma turma exclusivamente feminina de pilotas, Movile recebe aporte de US$ 124 mi e outras notícias


Dezesseis pilotas se formam em primeira turma exclusivamente feminina no Brasil. 
O projeto — batizado de “Donas do Ar” — é tocado pela Avianca e visa ampliar o número de mulheres no comando das aeronaves comerciais no país. Os números atuais do cenário no Brasil são vergonhosos: no fim do ano passado, apenas 41 mulheres possuíam licença para pilotar um avião do tipo, ou 0,86% do total dos profissionais, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Antes de iniciar o programa, a companhia aérea tinha apenas 2% de seu quadro de pilotos composto por mulheres. Hoje, são 5%. A Avianca firmou compromisso com a ONU Mulheres para aumentar a presença feminina nas cabines de pilotagem em 10% ao ano.

Dona do iFood recebe aporte de US$ 124 milhões. 
A Movile recebeu o maior investimento de sua história e a segunda maior rodada recebida por uma companhia brasileira em 2018 — atrás apenas dos US$ 150 milhões captados pelo Nubank em março. O aporte foi feito pelo grupo sul-africano Naspers e pelo fundo brasileiro Innova Capital, do empresário Jorge Paulo Lemann. A Movile tem aplicativos em áreas como entregas (iFood, Rapiddo e Mercadoni), conteúdo infantil (PlayKids e Leiturinha) e venda de ingressos (Sympla). Nos últimos 12 meses, a empresa já recebeu cerca de US$ 270 milhões em investimentos.

Banco Central vai aprovar compra de apenas 49,9% da XP pelo Itaú Unibanco. 
Desta forma, as instituições terão de refazer o contrato já amarrado, que previa a possibilidade de o banco passar a aumentar sua participação na corretora para 75% a partir de 2022, podendo chegar aos 100% em 2024. Pela fatia de quase metade da XP, o Itaú desembolsou R$ 6,3 bilhões. A expectativa é de que o Banco Central dê aval para o negócio até o final de julho. As informações são do Estado de S. Paulo.

Casas de câmbio começam a aceitar cartão de crédito para compra de moeda. 
Uma taxa extra, que varia de estabelecimento para estabelecimento, é cobrada do consumidor. Outra tarifa adicional envolvida nesse modelo de negociação é o IOF de 1,1% — mais baixo do que os 6,38% cobrados em compras internacionais. Quem optar por realizar a compra de moedas estrangeiras com o cartão de crédito irá pagar o valor do dia da compra e não do fechamento da fatura, uma boa vantagem. Nenhuma das casas de câmbio procuradas pela reportagem da Folha de S. Paulo aceitava o parcelamento da compra.

ANP lança sistema para comparar preço dos combustíveis. 
O objetivo do comparador, batizado de Infopreço, é dar ao consumidor outra opção de consulta além do levantamento de preços feito pela agência, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. Os preços serão atualizados diariamente na ferramenta, que irá comparar os valores da gasolina, etanol, diesel S-10, diesel S-500 e gás natural veicular (GNV). Até o momento, 177 postos espalhados pelo país se cadastraram para informar seus preços.

Paulo Beringhs deve ser candidato a governador pelo Patriota

Raniery Nunes e Santana Pires afirmam que, como político ficha limpa, o jornalista e apresentador pode surpreender os políticos tradicionais

O jornalista Paulo Beringhs deve ser lançado como candidato a governador de Goiás pelo Patriota. O partido vai fazer uma pré-convenção na terça-feira, 17, no auditório da Faculdade Araguaia, para definir se vai com candidato próprio para o governo ou se vai participar de alguma coligação.

O presidente do Patriota, Raniery Nunes da SilvaRaniere, afirma que Paulo Beringhs é um grande nome e que pode surpreender. “Ele é ficha limpa e queremos que dispute o governo do Estado”, afirma. O vice-presidente do partido, Santana Pires, informa que o jornalista colocou seu nome à disposição do partido. “Ele nos disse que, se tiver o apoio dos candidatos a deputado estadual e federal, aceitará colocar seu nome na disputa.” Os dois líderes do Patriota apostam que, como se trata de um nome novo e não-político, Paulo Beringhs pode ser apresentado como o político alternativo e diferente.

Paulo Beringhs, um dos mais qualificados jornalistas-apresentadores da televisão em Goiás, já trabalhou nas principais emissoras do Estado — como TV Anhanguera, TV Serra Dourada e TV Brasil Central. É mais conhecido do que vários políticos de proa de Goiás. Ele nasceu em São Paulo, é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e mora no Estado há vários anos.

Maconha pode ser legalizada para uso recreativo

A proposta é do deputado Paulo Teixeira que defende a legalização da droga.

Por Nathan Sampaio
A proposta permite plantar, cultivar e colher até seis plantas fêmeas em floração, além do armazenamento de até 40 gramas não prensadas mensalmente pelo usuário

O deputado Paulo Teixeira (PT-SP) apresentou nessa terça-feira (10/7) um projeto da Câmara em que autoriza, entre outros pontos, o plantio da cannabis e o porte no Brasil de “até 40 gramas não prensadas” para uso recreativo e medicinal.

O parlamentar acredita que está seguindo a tendência internacional para a regulamentação da maconha e ter se inspirado em países como Uruguai, EUA, Espanha e Portugal, que foram bem sucedidos nesse sentido. Na matéria, a produção da planta para uso medicinal será realizada somente por quem for autorizado pela Anvisa.

A cannabis de uso pessoal, de acordo com a proposta, poderá ser cultivada por qualquer um maior de 18 anos. A proposta permite plantar, cultivar e colher no recinto doméstico até seis plantas fêmeas em floração, além de poder ser armazenados até 40 gramas não prensadas mensalmente por “usuário ou paciente, para uso pessoal ou medicinal”.

Já para o uso medicinal, o projeto de lei estabelece como direito do paciente o acesso e uso medicinal de cannabis de efeito psicoativo e de seus derivados. segundo o projeto, “entende-se por uso medicinal a aquisição, cultivo, administração, entrega, posse, transferência, transporte ou uso de ‘cannabis’ de efeito psicoativo para o tratamento ou alívio de paciente portador de condição médica debilitante ou de sintomas que lhe sejam associados”.

Se a proposta virar lei, o controle e fiscalização serão da Anvisa e da Secretaria Nacional de Política sobre Drogas (Senad).

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Queimadas em Jataí terão punições rigorosas

Programa Cidade Limpa intensifica ações educativas e promete fiscalização e punição rigorosas

A prefeitura de Jataí está intensificando as ações preventivas e agindo com maior rigor na fiscalização e na aplicação das penalidades cabíveis contra quem causar focos de incêndio, tanto em áreas públicas quanto particulares, para tal, a administração municipal conta com a parceria do Ministério Público Estadual e do 13° Batalhão de Bombeiro Militar.

As ações da Secretaria de Meio Ambiente dão destaque especial à conscientização popular com o intuito de evitar o surgimento de focos de incêndio que podem, a exemplo do que ocorreu na cidade em 2017, causar tragédias ambientais, com prejuízos materiais, danos à saúde e até mortes de animais e de humanos.

Como primeira ação de conscientização, placas indicativas foram afixadas em vários pontos da cidade, como nas imediações da sede da secretaria, também do batalhão do Exército, sede do Corpo de Bombeiros e no Parque Brito. A população pode fazer denúncias de focos de incêndios através dos telefones 3632-4064 e 3632-4099. O setor de Fiscalização da secretaria vai apurar, com rigor, todas as denúncias recebidas e aplicar as sanções e multas previstas em lei, quando for o caso.

Dentro do Programa Cidade Limpa, a Secretaria de Meio Ambiente também está promovendo uma fiscalização rigorosa para coibir o acúmulo de entulhos e lotes malcuidados que, em dias com clima muito seco e umidade do ar muito baixa, acabam sendo vulneráveis à incêndios. A secretaria já providenciou aceiros em diversas áreas públicas e estuda a realização de uma nova oficina de construção de abafadores.

Apenas 1% dos incêndios que ocorrem não são causados por pessoas. Apesar de estarem cientes dos grandes problemas que as queimadas causam, todos os anos, neste período seco, pessoas continuam colocando fogo em pastos e lotes urbanos, queimam lixo no quintal, continuam jogando guimba de cigarro nas estradas e vias públicas, dentre outra ações inconsequentes que resultam nas queimadas, aumentando a vulnerabilidade para tragédias ambientais e até sociais.

Mulher é morta após levar vários tiros em rua de Aparecida de Goiânia

Segundo delegado, vítima foi atingida por ao menos 6 disparos. Corporação investiga se namoro da vítima com preso do regime semiaberto tem relação com o homicídio.

Por Sílvio Túlio, G1 GO
Uma mulher de 38 anos foi morta com vários tiros em uma rua do Setor Jardim Eldorado, em Aparecida de Goiânia, Região Metropolitana de capital. Segundo a Polícia Civil, Maria José Diniz Lima Brito foi alvejada com pelo menos seis disparos, a maioria na cabeça. A corporação investiga se o crime tem relação com o fato da vítima namorar um preso do regime semiaberto.

O crime foi cometido na noite de segunda-feira (9). De acordo com o delegado Eduardo Rodovalho, responsável pelo caso, Maria foi localizada próxima a seu carro na Rua Carajá, um local completamente ermo.

"Alguém localizou o corpo e acionou a PM. Ela tinha muitas perfurações na cabeça e também no tronco. O local é ermo. Ainda não há testemunhas ou registros de câmeras de segurança que possam ajudar na apuração", disse ao G1.

O delegado também não tem informações sobre suspeitos do crime. Ele revela que a vítima tinha passagens por crimes de menor potencial, como ameaça e violação de domicílio, mas não crê que isso tenha relação com o crime. Uma das linhas de investigação é o namoro que ela tinha com um detento, cujo identidade não foi divulgada.

"Ela tinha uma relação com um detento do semiaberto. O local do crime é próximo ao Complexo Prisional [cerca de 3,5 km]. Ela poderia estar indo ou voltando para lá. Mas os trabalhos ainda estão no início e não podemos confirmar essa hipótese", destaca.

Parentes da vítima devem ser ouvidos ainda nesta semana sobre o homicídio.

Rapidinhas G1 Goiás JN

Crime no Triângulo do Araguaia
Grupo que movimentava R$ 1 milhão por ano com tráfico de drogas é alvo de operação da PF em MT e GO

Nome da operação faz alusão ao bairro Harlem, palco do seriado da Marvel Luke Cage. Operação combate o tráfico de drogas na região do Araguaia.

Cuidados com os pets
Projeto de lei discute criação de farmácia para animais doméstico de famílias de baixa renda, em Goiás
Poderiam ter acesso gratuito aos remédios famílias com renda mensal total de até três salários mínimos. Segundo autor da iniciativa, questão também é de saúde pública.

Caldeirão da política goiana continua na fervura

Em áudio, Lincoln Tejota confirma que será vice de Caiado. 
Ouça aqui

Em áudio que circula nas redes sociais nesta quarta-feira (11/7), o deputado estadual Lincoln Tejota (PROS) confirma que estará mesmo ao lado do senador Ronaldo Caiado (DEM) na disputa ao governo de Goiás, concorrendo à vaga de vice.

O pedido, segundo o próprio deputado, partiu de articulações do senador Wilder Morais (DEM), padrinho político do presidente do PROS em Goiás e, até então, pré-candidato à Câmara Federal. Ouça abaixo:

Prefeitura e UFJ firmam parceria para agilizar implantação do Laboratório-Escola

Na tarde da terça-feira, 10, o secretário municipal da Saúde, Paulino Alves dos Santos Filho, se reuniu com representantes da Universidade Federal de Jataí (UFJ) para formalizar uma parceria fundamental na consolidação do projeto de implantação do Laboratório-Escola da UFJ que objetiva melhorar e agilizar o atendimento laboratorial à pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

O objetivo da implantação do Laboratório-Escola é otimizar o tempo de analise dos exames laboratoriais, que hoje necessitam ser encaminhados à Goiânia para diagnóstico. A expectativa é que o Laboratório-Escola comece a funcionar ainda neste ano, e os primeiros exames previstos para serem realizados vão ser os hormonais, os micológicos e os marcadores tumorais. A unidade funcionará no Campus Jatobá da UFJ.

quarta-feira, 11 de julho de 2018

WhatsApp anuncia novo recurso para tentar barrar fake news

Divulgação
Todos usuários poderão saber quando uma mensagem recebida foi, na verdade, encaminhada de uma outra conversa

Por Marcelo Gouveia
O Whatsapp anunciou que, a partir desta terça-feira (10/7), todos os usuários da plataforma poderão ter acesso ao recurso que avisa quando uma mensagem recebida foi, na verdade, encaminhada de uma outra conversa.

A ferramenta é uma tentativa de barrar as famosas fake news na plataforma. De acordo com o Whatsapp, a indicação de que uma mensagem foi encaminhada “ajudará a determinar se um amigo ou familiar realmente escreveu a mensagem que enviou ou se a mesma veio originalmente de outra pessoa”.

Em nota, a empresa informou, ainda, que “para visualizar a nova etiqueta de ‘encaminhada’, é necessário ter a atualização mais recente do WhatsApp no seu telefone.”

Menino que perdeu a mãe, o pai e os irmãos em acidente na BR-080 segue internado e ainda não sabe sobre mortes, diz tia

Criança quebrou as duas pernas, o fêmur e está consciente; 
carro em que ele estava bateu de frente com outro veículo, em Padre Bernardo. Cinco pessoas morreram e outras três ficaram feridas.

Por Murillo Velasco, G1 GO
O menino de 7 anos que perdeu a mãe grávida, o pai e os dois irmãos em um acidente na BR-080, em Padre Bernardo, no Entorno do Distrito Federal, ainda não sabe sobre as mortes. Segundo a tia dele, Raysa Rocha, a criança quebrou as duas pernas, o fêmur e teve cortes em várias partes do corpo. Ele está hospitalizado no Hospital de Base de Brasília, consciente, e, conforme a tia, está fora de perigo.

Raysa afirmou, em entrevista ao G1, que a família está apreensiva sobre como falar ao menino que os pais e os irmãos dele morreram. A tia contou que ele chama o tempo todo pela mãe e deve ser acompanhado por um psicólogo. “Ele está bem, consciente, não corre riscos, mas estamos sem saber o que fazer. Precisamos esperar ele melhorar, ficar mais forte, para que não prejudique a recuperação dele”.

“É muito triste ver ele chamando pela mãe e não poder fazer nada”, disse a mulher.

Lotéricas vão cobrar R$ 2,80 para receber faturas da Enel

Veja onde pagar a conta de energia sem a taxa
Empresa informou que mudança começa a valer no dia 5 de agosto. Companhia alega que fim do contrato com a Caixa ocorre por conta de aumento em 30% da tarifa.

Por Murillo Velasco, G1 GO
As casas lotéricas do país vão cobrar, a partir do dia 5 de agosto, uma tarifa de R$ 2,80 para receber faturas da Enel, responsável pelo fornecimento de energia elétrica em Goiás. Para pagar as contas sem a taxa, os consumidores deverão procurar alguma agência bancária ou estabelecimento comercial conveniado com a Enel (veja abaixo onde fazer o pagamento).

Veja aqui onde pagar a conta sem taxa

Segundo a assessoria de imprensa da Enel Distribuição, a mudança ocorre por conta do fim do contrato com o banco e também por um suposto aumento de 30% da tarifa por parte da Caixa Econômica Federal. Conforme a empresa, caso o contrato fosse renovado, os consumidores poderiam ter a tarifa de luz afetada.

O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da Caixa por email, às 9h50 desta quarta-feira (11), e aguarda um posicionamento da instituição sobre o reajuste.

Quem optar por pagar a conta de energia nas casas lotéricas, deverá informar ao atendente o número da unidade consumidora, presente na conta de energia, e o pagamento será feito por meio do serviço online. Segundo a Enel, o banco irá cobrar, na fatura seguinte à paga na loteria, uma taxa de R$ 2,80.

Pagamento sem taxa
A partir do dia 5 de agosto, os clientes da Enel poderão pagar a conta de energia sem nenhum custo adicional em mais de 1,7 mil locais, distribuídos em todos municípios de Goiás. A rede de atendimento faz parte de uma parceria da empresa com supermercados, farmácias e grandes comércios, que poderão começar a receber o pagamento das faturas em agosto.

Os consumidores que são correntistas do Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Caixa, Banco Intermedium, Bancoob, Sicredi, Santander, BRB, Banco Mercantil e Banco Safra poderão fazer o pagamento por meio do serviço de internet banking e no caixa eletrônico sem nenhum custo.

A empresa afirma que está incentivando os clientes a aderirem ao sistema de débito em conta, que pode ser solicitado por meio do site da empresa.

Já os consumidores que não são correntistas do banco, podem pagar a conta de energia sem taxa nos caixas do Santander, BRB, Banco Safra, Bancoob, Scredi e Tribanco.