Jataí mais segura

Jataí mais segura

Rádio Ideias - Programa Frequência de Classe nº 33

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Refrigerante pode causar corrosão dentária semelhante ao uso de drogas

Por KARINA COSTA
O consumo excessivo de refrigerante por muitos anos pode resultar em uma corrosão nos dentes semelhante à causada em usuários de drogas como metanfetamina, crack ou cocaína. A afirmação é dado de um estudo realizado pelo professor Mohamed Bassiouny, da Temple University, na Filadélfia (Estados Unidos), e publicado no jornal de odontologia General Dentistry.
Para chegar a tal resultado, o pesquisador comparou o estrago nos dentes de um rapaz de 29 anos de idade e usuário de metanfetamina, com o caso de um senhor de 51 anos, sendo 18 deles abusando de cocaína, e um terceiro paciente, que bebeu cerca de dois litros de refrigerante diet por dia, durante três a cinco anos. Todos os estudados tinham má higiene bucal e não visitavam o dentista com regularidade.
Foi avaliado que os hábitos de cada um deles resultaram no mesmo problema, a erosão dental em situação grave. E concluído que o problema dentário ocorreu por conta dos níveis elevados de ácido em cada um de seus vícios - metanfetamina, cocaína e o refrigerante. No caso das drogas, é importante lembrar que estas reduzem a quantidade de saliva na boca, o que eleva o efeito da acidez. A pesquisa foi publicada em maio de 2013.
Lesões de cárie, manchas e gengivite
Apesar de o estudo ter se aplicado em uma pessoa que consumiu excessivamente refrigerante, o alerta dos cuidados com o sorriso vale também para quem o bebe em menor quantidade, segundo doutora Sandra Kalil Bussadori, professora da Escola de Aperfeiçoamento Profissional da APCD (Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas). “Além da erosão dentária, se não é feita a higiene bucal correta e regular, a constante exposição a essa acidez pode ocasionar lesões de cárie, manchas e gengivite, problemas que se não tratados logo de início podem levar à perda dos dentes”.
Guaraná, cola, soda, laranja, com ou sem açúcar, qualquer sabor de refrigerante pode trazer efeitos negativos para os dentes. “A maioria deles apresenta ácidos na sua composição. Também é preciso atentar-se para o consumo exagerado de energéticos, isotônicos e sucos de caixinha,” afirma doutora Sandra Kalil. Leia mais/MSN.Com
Postar um comentário

Parabéns Jataí


Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.