Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Refiz 2017

Refiz 2017

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

terça-feira, 1 de abril de 2014

Mesmo com oficialização da pré-candidatura de Gomide, iristas estão confiantes quanto à aliança PT-PMDB

Peemedebistas se reuniram com Maguito Vilela nesta segunda-feira para discutir atual cenário político. Ricardo Fortunato acredita que Iris Rezende deve lançar seu nome até junho
Por Thiago Burigato - JO

Continua a todo vapor a movimentação em prol da candidatura de Iris Rezende (PMDB) ao governo do Estado. Nesta segunda-feira (31/3), diversos peemedebistas se reuniram com o prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela – praticamente eleito por iristas e friboizistas como mediador do "embate" entre os dois grupos – para tratar do assunto.

Nomes como Adib Elias, Naudiomar Elias, Ricardo Fortunato, Samuel Belchior, Agenor Curado e José Nelto foram até Aparecida para discutir o atual quadro pré-eleitoral após o evento que oficializou a pré-candidatura de Antônio Gomide ao governo do Estado pelo PT. “Nos reunimos para discutir o cenário depois do evento de sábado (29), se a situação é benéfica ou prejudicial para o PMDB”, disse Fortunato.

O ex-prefeito de Trindade afirma estar confiante quanto à possível candidatura de Iris, especialmente depois que outros Estados onde estavam surgindo rachas entre PT e PMDB começaram a acertar suas situações. Fortunato acredita que só  ex-prefeito de Goiânia pode derrotar o governador Marconi Perillo (PSDB), e usa as pesquisas recentes para respaldar sua opinião.

“Sem Iris no cenário fica muito difícil para a oposição”, declarou. “Em qualquer outro cenário há uma chance muito grande de sermos derrotados logo no primeiro turno. E, pelas pesquisas, só Iris pode derrotar Marconi no segundo turno.”

Fortunato está muito confiante de que o líder peemedebista possa ser candidato. “Tenho certeza de que pode acontecer.” Ele aposta que uma definição nesse sentido deve acontecer em junho, antes das convenções do partido.

O peemedebista demonstra a mesma confiança quanto a uma possível união de Gomide com Iris em uma mesma chapa. “Há pouco tempo pensava-se ser impossível uma aliança entre os dois partidos no Ceará, Rio de Janeiro, Mato Grosso. Hoje em dia isso já está sendo considerado”, comenta.

Mas, com as movimentações recentes, não seria tarde demais para que Iris buscasse uma aproximação com o prefeito de Anápolis? “Ele ainda não se desincompatibilizou e a política é muito complexa. Muda a cada momento”, disse. “Tudo pode se modificar na última hora. Nem mesmo dentro da base governista há uma definição quanto ao candidato.”

Uma nova reunião, dessa vez com a presença de Iris, está marcada para acontecer na manhã desta terça-feira (1º/4).
Postar um comentário

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.