Jataí mais segura

Jataí mais segura

Rádio Ideias - Programa Frequência de Classe nº 37

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Enade: estudantes põem em dúvida qualidade de cursos superiores

Estudantes participam do Exame Nacional
de Desempenho de Estudantes (Enade)
2014 neste domingo Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Agência Brasil
Aproximadamente 483,5 mil estudantes foram convocados para participar do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2014, aplicado neste domingo (23/11) em todo o país. O exame, criado em 2004, avalia o rendimento dos estudantes dos cursos de graduação em relação ao conteúdo programático, suas habilidades e competências e é usado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para compor índices que medem a qualidade de cursos e instituições de ensino superior. Estudantes ouvidos pela Agência Brasil, neste domingo, porém, dizem não sentir na prática a finalidade teórica da prova.

Segundo o estudante Jaime Augusto Barbosa Neto, que está finalizando a graduação em engenharia civil no Centro Universitário de Brasília, a nota da avaliação não reflete a qualidade do curso. “Acho que deveria ter um critério melhor de avaliação, avaliar ao longo dos anos, pelas aulas e não só por uma prova. Principalmente para cursos como o meu, que não têm a grade linear, aqui [em Brasília], por exemplo, temos mais conteúdo sobre solo e outros estados têm o currículo mais voltado para a parte hidráulica”, disse.

Segundo o estudante Jaime Augusto Barbosa Neto, que está finalizando  a graduação em engenharia civil no Centro Universitário de Brasília, a nota da avaliação não reflete a qualidade do curso. “Acho que deveria ter um critério melhor de avaliação, avaliar ao longo dos anos, pelas aulas e não só por uma prova. Principalmente para cursos como o meu, que não têm a grade linear, aqui [em Brasília], por exemplo, temos mais conteúdo sobre solo e outros estados têm o currículo mais voltado para a parte hidráulica”, disse.

O estudante de educação física da UnB Luiz Felipe Rosa acredita que, para o seu curso, o Enade ficará defasado. “Hoje ele é dividido em licenciatura e bacharelado, mas o meu curso ainda é do currículo antigo, então vou fazer a prova para avaliar um curso que não existe mais, para comparar com cursos diferentes”, explicou.                                                             Leia mais
Postar um comentário

Parabéns Jataí


Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.