Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Refiz 2017

Refiz 2017

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Evolução dos espetinhos, 'fenômeno' jantinha conquista público goiano

Jantinha reúne espetinho de carne mais
quatro acompanhamentos
(Foto: Sílvio Túlio/G1)
Opção é bastante procurada e muda a vida de quem apostou na ideia. 
Sílvio Túlio/Do G1 GO
É noite de sexta-feira em Goiânia. Assim como milhares de pessoas, o marceneiro Carlos Alves da Silva, de 40 anos, leva a mulher, a funcionária pública Joana D'Arc da Silva, de 38, para comer em um tipo de estabelecimento que virou febre na capital. As jantinhas - combinação de espetinho de carne acompanhado de arroz, feijão tropeiro, mandioca e vinagrete - são consideradas um "fenômeno" pela prefeitura municipal e estão espalhadas por vários cantos da cidade, atraindo cada vez mais pessoas interessadas em uma refeição rápida, barata e saborosa. Quem investiu nesse tipo de negócio há muitos anos, hoje colher os frutos do grande movimento.
Há oito anos, eles frequentam regularmente a mesma jantinha, uma das maiores da cidade, localizada no Setor Parque Amazônia, região sul de Goiânia. Para o casal, vários pontos servem como atrativo para procurar comida na rua. "Além da praticidade e da comida boa, tem também o principal, que é sair um pouco da rotina", diz Carlos.
Joana diz que sair para comer era bem mais frequente para o casal, mas eles reduziram a prática devido a um problema de saúde que ela teve. "Antes, saíamos muito mais. Porém, há três anos, fui diagnosticada com hipoglicemia e precisei controlar a alimentação. Comíamos muito sanduíche e pamonha, mas agora demos uma maneirada", afirma a funcionária pública.
Postar um comentário

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.