Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Refiz 2017

Refiz 2017

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Caminhoneiros liberam a BR-364 após ordem judicial, em Goiás

Ilustrativa
Manifestantes acataram decisão sem atos de violência, em Mineiros.
Motoristas reclamam do preço do combustível e do baixo valor do frete.
Luísa Gomes - Do G1 GO
Caminhoneiros que protestavam na BR-364, em Mineiros, no sudoeste de Goiás, liberaram a rodovia após serem notificados de duas liminares expedidas pela Justiça Federal. A via foi liberada por volta de 15h desta quinta-feira (26) e, segundo o oficial de justiça Adriano Claudino Araujo, os manifestantes acataram a ordem imediatamente e não houve qualquer ato de violência.
O ato integrou a série de manifestações que ocorrem em todo o país contra o preço dos combustíveis e o baixo valor do frete. O bloqueio teve início às 8h30, foi paralisado às 11h e retomado às 13h30.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), pela manhã, o congestionamento chegou a cerca de quatro quilômetros. Até as 16h30 a polícia ainda não tinha informações atualizadas sobre o total do congestionamento causado pelo ato.
Ainda de acordo a PRF, como nos demais dias, os manifestantes liberavam a passagem de carros de passeio, veículos de emergência, motocicletas, ônibus e veículos transportando cargas perecíveis.
O trecho registra protestos desde a última sexta-feira (20), quando os atos começaram. Na quarta-feira, a rodovia ficou bloqueada durante todo o dia.
Manifestações
Caminhoneiros protestaram por 12 horas na BR-153, em Aparecida de Goiânia, na quarta-feira. O ato chegou ao fim após os manifestantes serem notificados de decisão judicial que proíbe o bloqueio da rodovia. Em caso de descumprimento, a multa é de R$ 1 mil por hora de interrupção do trânsito.
Além de Aparecida de Goiânia, os caminhoneiros também interditaram trechos da BR-153 em Itumbiara e Porangatu. Os protestos iniciaram há quase uma semana no estado.
Postar um comentário

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.