Jataí mais segura

Jataí mais segura

Rádio Ideias - Programa Frequência de Classe nº 37

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

terça-feira, 26 de maio de 2015

Por falar em economia...!

Lojas Marisa, C&A e Riachuelo demitem em São Paulo
Márcia De Chiara, do Estadão Conteúdo
São Paulo - A retração nas vendas do comércio varejista, que teve no 1º trimestre deste ano o pior desempenho para o período desde 2003, começa a ter desdobramentos sobre o emprego, especialmente nos segmentos de artigos de vestuário e revendas de veículos.

O volume de vendas de vestuário acumula queda de 3% no 1º trimestre, enquanto o varejo que não inclui veículos e materiais de construção registrou um recuo de 0,8%.

A C&A, líder do segmentos de itens vestuário, demitiu na semana retrasada cerca de 200 funcionários. A direção da C&A não confirma os números, mas informa, por meio de comunicado, que "adequou o seu quadro de funcionários em virtude do atual cenário econômico".

Fora os cortes mais recentes, de janeiro até o dia 20 de maio, o Sindicato do Comerciários de São Paulo registrou 264 homologações da C&A só na capital paulista, um número quase 60% maior em comparação com o mesmo período de 2014.

O processo de homologação ocorre quando o trabalhador está há mais de um ano na empresa e a demissão tem que passar pelo sindicato.

Na Lojas Marisa os cortes foram maiores. Nas contas do sindicato, foram 391 homologações de janeiro até 20 de maio, um volume 83,5% maior em comparação a 2014.

A empresa também não confirma os números, mas admite que "com o objetivo de buscar ganhos de produtividade e eficiência, realizou adequação no quadro de colaboradores para o cenário deste ano". Segundo a Marisa, não há planos de mais cortes.

Na Lojas Riachuelo, foram 231 homologações entre janeiro e 20 de maio, de acordo com o sindicato. É um crescimento de 40,8% na comparação com 2014.

"Este número não reflete a realidade da empresa", rebate Flávio Rocha, presidente da rede varejista. Ele disse que a Riachuelo tem 22 mil funcionários, 2 mil a mais do que em 2014. O dado do sindicato mostra, segundo ele, só as demissões. Mas a rede ampliou as contratações também, argumenta. Leia mais/Exame
Postar um comentário

Parabéns Jataí


Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.