Jataí mais segura

Jataí mais segura

Rádio Ideias - Programa Frequência de Classe nº 37

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Tucana assina “moção de repúdio” contra governador sem perceber

Por Marcello Dantas/JO
A vereadora Dra. Cristina Lopes (PSDB) assinou requerimento que pedia o “envio de mensagem de solidariedade” aos servidores da Celg Distribuição (Celg D) por parte da presidência da Câmara Municipal, durante sessão plenária desta terça-feira (9/6). 

Logo depois, a tucana retirou seu visto, ao perceber que o mesmo documento pedia uma “Moção de Repúdio ao Governador do Estado de Goiás, Marconi Perillo [PSDB]”, devido a privatização da estatal, prevista para novembro deste ano.

O requerimento foi proposto pelo colega de plenário Paulo Magalhães (SD), da base aliada ao prefeito Paulo Garcia (PT). Ao perceber a gafe, ele pediu que Dra. Cristina anunciasse a retirada da assinatura publicamente, ou seja, ao microfone. “Eu entreguei o papel a todos, não foi?”, provocou. 

“Eu apoio os funcionários nesse momento de transição. Como líder do PSDB endosso a parte do documento com o pedido de apoio e o que o governador faz, mas retiro meu nome por conta do repúdio”, defendeu-se a tucana.  

Magalhães disse ainda que a vereadora foi pressionada pela bancada tucana na Casa para mudar de posicionamento. “Eu não pressionei não, até mesmo porque ela é a líder”, disse Geovani Antônio. 

O requerimento dizia também que privatização da Celg D traz aos servidores “e familiares dias de inquietação e insegurança com relação à manutenção dos empregos e níveis salariais”. 

O processo foi confirmado após o nome da empresa goiana ser incluído no Programa Nacional de Desestatização (PNU), publicado no Diário Oficial da União (DOU).
Postar um comentário

Parabéns Jataí


Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.