Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Refiz 2017

Refiz 2017

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Como era de se esperar a vizinha cidade de Rio Verde perde mesmo voos de companhia aérea

Afetando a toda a região sudoeste Rio Verde perde voos da Azul
Depois de Patos de Minas (MG), agora é a vez de Rio Verde perder voos da Azul. No site da companhia não é mais possível comprar passagens. Suspensão acontece por falta de segurança. Veja a Nota de Esclarecimento da Empresa

Por Vilmar Pinto/Imagem Goiás

A Azul informou que pretende usar em suas rotas o ATR-72 com 70 assentos, inclusive nas cidades de Patos de Minas e Rio Verde. Para o uso de uma aeronave maior, os aeroportos terão que fazer adequações de segurança. As duas cidades possuem voos apenas da companhia Azul. No caso de Rio Verde, a Passaredo demonstrou interesse de lançar voos, mas teve como pelo fato de operar apenas com o ATR-72.

Em nota, a Azul afirma que pretende retomar os voos ainda em julho. Os passageiros que compraram as passagens terão o dinheiro de volta. Em junho deste ano as cidade de Coari, Eirunepé e São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas, também perderam voos da Azul pelo mesmo motivo. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que o processo de liberação do ATR-72 já está adiantado.

NOTA À IMPRENSA – RIO VERDE

São Paulo – “A Azul Linhas Aéreas Brasileiras informa que descontinuará o uso das aeronaves ATR 42-500 em sua frota. Com isso, a cidade de Rio Verde, hoje servida por estes aviões, deixará de receber temporariamente os voos da empresa até que os ajustes necessários na infraestrutura do aeroporto sejam feitos para receber aeronaves maiores, modelo ATR 72-600, com capacidade para 70 assentos. A Azul espera que as adequações sejam realizadas para retornar com os voos.

A companhia reforça que não pretende deixar de operar em Rio Verde, mas sim, ampliar sua oferta de assentos e trazer ainda mais conforto aos seus Clientes, com aeronaves maiores e mais modernas.
Os Clientes que compraram bilhetes após a data mencionada terão reembolso integral do valor pago.”

Nota JN: É notório as deficiências do aeroporto de Rio Verde e por falta de uma atenção específica por parte do governo municipal não só Rio Verde mas toda a região perde com a ausência de voos regulares da companhia. Acreditamos que esse é um grande motivo para que o aeroporto regional de Jataí seja construído o mais rápido possível. O primeiro passo o governo municipal de Jataí já deu, foram gastos mais de 15 milhões de reais na base e sub base de nosso aeroporto. O passo seguinte está nas mãos do governo federal através do Banco do  Brasil que irá administrar toda a parte financeira. Segundo informações extra-oficiais as obras serão retomadas em breve. O entrave está no processo licitatório. Por Gideone Rosa
Postar um comentário

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.