Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Refiz 2017

Refiz 2017

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Sudoeste Goiano em Foco - Celg

Parcerias garantem R$ 434 milhões da Celg no Sudoeste
Em evento realizado nesta terça-feira em Santa Helena, governador Marconi e presidente da Eletrobras autorizam ampliação da oferta de energia. Deputado Lissauer esteve presente

Por André Furquim 
Em solenidade na Câmara Municipal, o deputado Lissauer, a convite do Governador, assinou como testemunha do termo de compromisso e fez rápido uso da palavra. “Com esses investimentos o Sudoeste dará um salto em desenvolvimento. Nossa região, de grandes produções agropecuária e agroindustrial, está engessada, sem condições de novos investimentos por falta e a baixa qualidade da energia. Mas, esses investimentos, impulsionará nossa economia”, ressaltou o deputado, parabenizando o governador Marconi, a Eletrobrás e os grupos empresariais.

O presidente da Eletrobrás, garantiu que os investimentos possibilitarão a multiplicação da geração e distribuição de energia para a região em onze vezes. Também anunciou que a empresa garantirá à Celg D, ainda este ano, recursos da ordem de mais R$ 300 milhões para investimentos no sistema elétrico goiano. José da Costa observou que, antes da crise, o consumo de energia no Brasil crescia 3% contra 8% de Goiás. No momento, enquanto o consumo nacional caiu 2%, em Goiás continua a crescer. “Isso mostra que Goiás é um estado diferenciado, que mesmo em crise continua crescendo, isso graças aos recursos naturais e lógico, ao empenho da administração do governador Marconi”, elogiou ao garantir que nos próximos dois anos serão investidos recursos de mais de R$ 1 bilhão no setor elétrico em Goiás.

“Energia é o primeiro dos investimentos em infraestrutura”, destacou Marconi. Agradeceu a presença do presidente da Eletrobrás na solenidade, segundo ele um dos maiores especialistas em setor elétrico do País, que foi a Santa Helena para atestar o potencial do Sudoeste na oferta de energia elétrica e avalizar os contratos com os investidores privados. “Estamos com o dinheiro arrumado, R$ 33 milhões, e mais R$ 200 milhões de cada um dos investidores privados”, comentou Marconi, enfatizando o dia 15 de setembro como a data em que Santa Helena e o Sudoeste goiano recebem investimentos de R$ 434 milhões.

Investimentos

Subestação Santa Helena Nova 138/13.8 kV, 33.000 kVA. Valor: R$ 11,64 milhões;

Vão de conexão na Subestação Rio Verde (Furnas) 138 kV. Valor: R$ 1,33 milhões;

Linha Santa Helena – Rio Verde (Furnas) 138 kV, 35 Km, circuito simples. Valor: 8,88 milhões;

Alimentadores para os circuitos de Santa Helena 13,8 kV, 20 Km. Valor: R$ 2,34 milhões.

Além destas, serão construídas as obras abaixo pelos Grupos Alupar e Santa Helena Energia que ligarão as Pequenas Centrais Hidrelétricas Verde 8 e Ypê: 

Vão de conexão da LT para as PCH’s Verde 8 e Ypê. Valor: R$ 1,89 milhões;

Linha Santa Helena – PCH Ypê – PCH Verde 8 138 kV, 22 Km, circuito simples. Valor: R$ 7,84 milhões.

Este elenco de obras além de disponibilizar cerca de 60.000 kW de energia hidráulica para a região. O cronograma prevê a entrada em operação das PCH’s e do sistema em janeiro/2017.
Postar um comentário

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.