Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Concurso Público Municipal

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Cotidiano - Se não é trágico é cômico

Presidente da Câmara perde paciência com carro da pamonha e pede providências

Anselmo Pereira usou a tribuna da Casa, nesta semana, para reclamar do barulho do pamonheiro que passa constantemente na porta de sua casa

O presidente da Câmara de Goiânia, Anselmo Pereira (PSDB), não aguenta mais o pamonheiro que passa na porta de sua casa. Durante sessão, nesta semana, o tucano reclamou do barulho, que, segundo ele, é constante e incomoda muito.

Em entrevista coletiva, questionado se pretende propor uma matéria que dê cargo à sua reivindicação, o presidente se lembrou da existência de uma lei que poderia ser aplicada neste caso. “Eu já tenho uma lei minha, chamada Lei Anselmo Pereira, que é a lei do silêncio e que precisa ser obedecida”, afirmou.

“Vou lhe dar um exemplo: um cidadão, que é corno, sai da sua casa e vai para o boteco e abre o som alto da música, que eu não quero ouvir. Esse corno tem que ser preso e o carro dele também”, acrescentou.

Para Anselmo, o que falta, na verdade, é que a lei em questão seja colocada em prática. “No Brasil, você precisa de uma lei para que outa seja cumprida”, reclamou.
Postar um comentário