Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Refiz 2017

Refiz 2017

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Dilma diz que governo vai rever como a mineração acontece no país

Dilma Rousseff declarou, em visita a Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, nesta quinta-feira (12), que os responsáveis pela tragédia de Mariana serão responsabilizados, mas que o governo federal não pode ficar de "braços cruzados". Questionada se vai rever como a mineração acontece no Brasil, ela disse: "Vamos rever tanto ambientalmente, quanto a regulação dos rejeitos".

A presidente também pediu mais proatividade da Samarco, cujos donos são a Vale e a anglo-australiana BHP, no apoio às vitimas da tragédia de Mariana.

Durante esta quinta-feira, a presidente realizou visitas às áreas afetadas pelo rompimento de duas barragens da Samarco em Minas Gerais, desastre que destruiu o distrito mineiro de Bento Rodrigues. Dilma esteve em Mariana durante a manhã e seguiu para Governador Valadares, onde anunciou que o Ibama vai multar a Samarco Mineradora em R$ 250 milhões.

A presidente disse que governo federal vai rever como a mineração acontece no país, embora não tenham sido apresentadas mudanças a serem executadas.

"A empresa vai precisar pagar as multas, indenizações, reconstruções. Mas nós, ao mesmo tempo não precisamos ficar de 'braços cruzados'. Nem o governo federal, o governo do estado e nem a prefeitura. Nós também vamos agir no sentido de procurar a solução dos problemas, resolver em conjunto, obviamente, fiscalizar a resolução do problema. Não é pura e simplesmente deixar a cargo da empresa. Porque quem cuida do interesse público somos nós", declarou a presidente.

Segundo Dilma, a atuação da Samarco não está sendo insatisfatória, mas é necessário haver proatividade por parte da empresa. Ela falou, ainda, que a empresa vai ter que trabalhar na recuperação do Rio Doce. "A empresa precisa ser mais proativa", declarou Dilma.

Em relação às penalidades, Dilma disse que multar apenas não basta. A presidente disse que a recontrução do Rio Doce precisa ser cobrada.
Postar um comentário

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.