Jataí mais segura

Jataí mais segura

Rádio Ideias - Programa Frequência de Classe nº 26

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Greve de caminhoneiros atinge nove Estados pedindo renúncia de Dilma

Do El País
O PT, um partido que surgiu do movimento sindical, agora se depara com dois movimentos de trabalhadores até então inesperados justamente no momento em que vê arrefecer, no Congresso Nacional, a temperatura do impeachment de Dilma Rousseff. A greve dos trabalhadores da Petrobras e de caminhoneiros autônomos causam preocupações diferentes, mas ambas com potencial para gerar mais danos à imagem da presidenta petista.

As paralisações dos caminhoneiros já atingiram até o início da tarde desta segunda-feira as rodovias de ao menos nove dos 27 Estados do país. Em alguns locais houve concentração em acostamentos, em outros, bloqueios das estradas. Conforme o Comando Nacional do Transporte, o grupo independente que organiza os protestos, a greve foi registrada em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Norte e Tocantins. A principal demanda do grupo é a renúncia da presidenta Dilma Rousseff. Nenhuma pauta de reivindicações foi apresentada ao Governo e as principais entidades que representam os caminhoneiros não apoiam a paralisação.

A gestão Rousseff caracterizou a greve como pontual e que ela tem como único objetivo “desgastar o Governo”. “Se nós tivermos uma pauta de reivindicações o Governo Dilma sempre estará aberto ao diálogo. Uma greve que se caracteriza pelo único objetivo de gerar desgaste ao Governo é uma greve que não vai de encontro aos interesses dos brasileiros, da sociedade”, afirmou o ministro da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva.
Leia mais
Postar um comentário

Parabéns Jataí


Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.