Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Refiz 2017

Refiz 2017

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Sudoeste Goiano em foco - Caso de microcefalia em Rio Verde

Caso de microcefalia é notificado e segue sob investigação
Do Imagem Goiás
Ainda não há indícios de que má formação foi causada pelo Zika vírus. Bebê nasceu em Rio Verde e após suspeita de pediatra, foi levado a Goiânia.

Conforme dados do Ministério da Saúde (MS), divulgados nesta terça-feira (24), foi registrado um caso suspeito de microcefalia em Goiás. Segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO), ainda não há confirmação de que o caso esteja relacionado aos Zika vírus, que é considerado um das principais hipóteses para o grande aumento de casos da má formação no Nordeste.

Por meio de nota, a SES-GO informou que “não há, em Goiás, casos confirmados de microcefalia associado ao Zika vírus” e que o caso da má formação divulgado pelo MS segue em investigação. O órgão afirmou ainda que são registrados, em média, três casos da má formação por ano no estado com causas diversas.

A suspeita é que o caso seja de Rio Verde, no sudoeste de Goiás, mas que o bebê tenha nascido em Goiânia. O Núcleo de Vigilância Epidemiológica da ciadade do interior informou que um neuropediatra da capital teria suspeitado do caso, que será investigado. Não foram divulgadas informações sobre a família do bebê.

Conforme dados do MS, 18 estados do Brasil registraram casos do zika vírus, mas Goiás não está entre eles. Segundo informações do boletim epidemiológico, foram contabiliados 739 casos suspeitos da microcefalia no país este ano.

No total, nove estados registram casos de microcefalia. O órgão investiga se uma morte no Rio Grande do Norte ocorreu por decorrência da má formação. Leia mais

Postar um comentário

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.