Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Refiz 2017

Refiz 2017

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Opinião - Estaria o PMDB jataiense perdido?

Em Jataí PMDB parece sem rumo, é o que está dando a entender.

Por Gideone Rosa
Desde que começou a novela sucessória ao Paço Municipal no sentido de quem estaria a altura de substituir o prefeito Humberto Machado na condução do executivo municipal que o nome do ex deputado Leandro Vilela (foto) vem sendo ventilado como uma tempestade. No entanto muito se discutiu, e ainda se discute, em ser ou não ser candidato, eis a questão.

Para os caciques do partido em Jataí Leandro seria o candidato natural a sucessão de Humberto, mas a novela segue sem desfecho, até porque o próprio Leandro deixou a entender que não é e não quer ser candidato justificando que está muito bem como executivo no grupo JBS, que não reside em Jataí e que uma vez aceitando a candidatura teria que se mudar com toda família para Jataí, que teria que envolver a família novamente no mundo político e blá, blá, blá.

Em entrevista nesta terça-feira no Jornal das Sete, do Radiojornalista Izalter Francisco, o procurador municipal e presidente do diretório do PMDB aqui em Jataí, Juverci Felício Vieira, não foi preciso com relação a candidatura do ex deputado federal, ficando naquela situação de incerteza, mas ao mesmo tempo deixou nas entrelinhas que existe um "plano B" citando o nome de Antônio Gazarine (DEM). Outra novela, já que Toninho deve deixar seu partido e se ingressar no PMDB aproveitando a janela até abril.

Juverci foi indagado sobre o nome do presidente da Câmara Municipal, Marcos Antônio, que é do PDT e que faz parte da base aliada do prefeito Humberto Machado, no entanto mais uma vez ele foi evasivo, não deixando uma margem  de um terceiro nome rumo a um desfecho nessa "película televisa". Aos olhos de muitos Marcos Antônio tem todos os requisitos para uma candidatura dessa envergadura, mas se percebe uma certa distância, nesse aspecto, por parte do executivo municipal.

Eu disse em outras oportunidades que se o ex deputado federal Leandro Vilela não vier a ser o candidato do PMDB para uma possível sucessão de Humberto Machado na prefeitura que o mercado a essa vaga estaria em aberto literalmente e sendo assim o maior beneficiado poderá ser a oposição a qual já tem um nome definido, o do vereador Vinícius Luz (foto) do PSDB. Um detalhe, estão torcendo para que o PMDB continue perdido, sem rumo.

Serei direto, deveriam trabalhar o nome de Marcos Antônio (foto) pela principal razão, ele já faz parte da base aliada do prefeito não dependendo de decisão de nenhum partido ou de uma futura filiação. E claro, tem também outros atributos como pessoa, é articulado, tem carisma, é novo na política, tem serviços prestados à comunidade Jataiense, é austero e sério. 

Postar um comentário

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.