Rádio Ideias - Programa Frequência de Classe nº 24

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Opinião - Futuro político de Jataí

Que a política jataiense é uma incógnita é um fato, mas tudo pode acontecer

Por  Gideone Rosa
Desde que Humberto Machado assumiu este último mandato como prefeito de Jataí que a especulação em torno deste assunto a cada dia vem crescendo quanto ao seu sucessor e um dos principais pivôs desta especulação envolve o nome do ex deputado federal Leandro Vilela. 

O que se pergunta pelas esquinas da cidade e até mesmo a nível de estado, Leandro será ou não o sucessor do prefeito Humberto? Esta é uma pergunta que ninguém respondeu com precisão. Humberto diz que Leandro é sim seu sucessor por outro lado o ex deputado diz que está muito bem no cargo de executivo do grupo JBS e que também por questões familiares está difícil voltar para a vida pública.

No entanto em meio a tantas discussões e disse me disse saiu uma nota nos últimos dias em um importante jornal de Goiás que PMDB e PSDB estariam costurando uma aproximação a nível de município entre Leandro Vilela, cabeça de chapa, e Victor Priori como vice. Claro que nesse mundo de política e politicagens tudo pode realmente surpreender, mas todos sabem que em Jataí a ideologia política de PSDB e PMDB é totalmente antagônica, ou seja não tem nada a ver o ovo do pato com o fiofó da galinha. 
Claro que  para Victor Priori seria a glória pois estaria ganhando de bandeja a prefeitura de Jataí em 2020. Diante disso fica a pergunta que não quer calar; estaria o PMDB disposto a abrir mão de um dos principais municípios de Goiás? Não creio. O que acredito é  que tudo isso não passa de uma grande especulação para promoção, muito bem articulada, de Victor Priori, já que nesse momento, caso Leandro fale para os quatro cantos do mundo político que é candidato a prefeito de Jataí, não tem páreo para derrotá-lo nesta campanha.

De acordo com a nota especulativa a preocupação do PSDB é o vertiginoso crescimento do vereador Vinícius Luz para essa disputa o que está incomodando o candidato natural do partido, Victor Priori. Uma coisa que não deixa de preocupar o vereador e seus simpatizantes é o poder de fogo econômico de  Victor, mas om as mudanças no dito financiamento de campanha Vinícius pode respirar um pouco mais de oxigênio puro. 

A grande diferença entre o vereador Vinícius Luz e o migrante é uma coisa que Victor não terá tão cedo, carisma e carisma Vinícius tem e muito. E cá entre nós, carisma e simpatia fazem uma diferença muito grande numa eleição.

Especulações à parte, particularmente falando, apesar das diferenças ideológicas, eu ficaria feliz se essa aproximação fosse entre Leandro e Vinícius, seria uma chapa imbatível. Quiçá chapa única.
Só para encerrar. Se essa nota for verdadeira, o que duvido muito, isso pode abrir uma lacuna para um nome novo na política jataiense frente ao executivo municipal, que pode ser um dos vereadores Marcos Antonio e Vinícius Luz.
Eu já disse e repito o mercado político em Jataí para uma disputa rumo ao executivo municipal está em aberto, qualquer erro nesse jogo vai beneficiar um desses nomes. ...Quem sabe assim sairemos da mesmice política de tantos anos.
Postar um comentário

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.