Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

Rádio Ideias - Programa Frequência de Classe nº 26

Parabéns Jataí


quinta-feira, 3 de março de 2016

Em Jataí, detento é morto dentro de cadeia pouco antes de ser solto, diz família

O detento Paulo Henrique Dias, de 29 anos, foi morto dentro da Unidade Prisional de Jataí, no sudoeste de Goiás, na terça-feira (1º). Segundo familiares e advogado do preso, que preferiram não ser identificados, o homem já tinha alvará de soltura da Justiça e seria liberado ainda no dia em que foi morto.

Parentes do preso aguardavam que ele saísse da cadeia, mas foram surpreendidos com a notícia da morte do familiar. Conforme o advogado, os agentes penitenciários encontraram o corpo do detento antes de soltá-lo.

A Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap) informou por meio de nota que o detento “Welton Ferreira da Silva assumiu a autoria do homicídio e declarou ao coordenador da UP [Unidade Prisional] que o motivo foi vingança, já que, segundo ele, Paulo Henrique teria tentado matar um parente dele”.

A superintendência afirmou ainda, que apura o ocorrido por meio de uma sindicância. Também por meio de nota, o órgão informou que a Polícia Técnico-Científica periciou o local e que a Polícia Civil investiga o caso.

A polícia encontrou no local do crime um chucho, que é um objeto pontudo feito de forma artesanal, e um pedaço de madeira. Conforme as apurações, eles podem ter sido usados no homicídio.

O delegado responsável pela investigação, Marcos Guerine, informou que a vítima estava detida por um mandado de prisão provisório e apura o que levou o autor a cometer o crime. “A motivação, que nós estamos investigando, em um primeiro momento, sem descartar outras hipóteses, é a motivação passional, tendo em vista a possibilidade de que um desentendimento da vítima aqui fora, antes de ser presa, pode ter motivado o autor desse crime a uma vingança e a provocação desse homicídio”, explicou.
Mortes
Na mesma unidade prisional, outro detento foi morto na última quinta-feira (25) durante o banho de sol. Murilo Cortela Nascimento, de 28 anos, estava preso há mais de um ano no local pelo crime de roubo. A Seap também informou que investiga este caso por meio de sindicância. (Fonte: G1)
Postar um comentário

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.