Jataí mais segura

Jataí mais segura

Rádio Ideias - Programa Frequência de Classe nº 37

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Guarda Civil Municipal uma das soluções para a segurança pública dos municípios

Guarda Civil Municipal de Aparecida de Goiânia e a de Quirinópolis fizeram, na manhã do dia 16 de junho, na Câmara Municipal de Jataí, a apresentação de parte de seus equipamentos e uma explanação a respeito do funcionamento da instituição naquelas cidades. A intenção do presidente Marcos Antônio é propor à prefeitura o envio de um projeto de lei para que Jataí possar criar sua própria Guarda Civil.

Ao abrir a reunião, que foi aberta à comunidade e realizada no plenário João Justino de Oliveira, o presidente Marcos Antônio ressaltou que as guardas municipais não têm como única função proteger locais e monumentos públicos. “Hoje vamos tomar conhecimento das verdadeiras atribuições de uma guarda civil”, disse ele. “Nosso objetivo é que o processo de criação dessa instituição comece ainda este ano, na gestão municipal que se encerra em dezembro próximo, para que ela passe a funcionar o mais rápido possível, pois a situação da segurança pública em nosso município é muito ruim. Vamos entregar nas mãos do prefeito Humberto Machado uma minuta de projeto de lei para que ele seja enviado ao legislativo. Afinal, vivemos uma realidade jamais imaginada, em que comerciantes estão trabalhando atrás das grades por medo de assaltos”.

O coordenador do GGIM de Aparecida de Goiânia, Sandro Cristoph, revelou que o índice de violência naquela cidade caiu de 30 a 35% com a criação da Guarda Civil Municipal. “Ela surgiu em 1993, mas somente em 2004 passou a contar com servidores concursados”, informou. “Não buscamos substituir as forças policiais, não fazemos investigações e apenas colaboramos na prevenção de crimes e não entregamos armas para pessoas despreparadas, pois nossos membros são preparados nas academias das polícias Militar e Civil”.

Responsável pela GCM de Quirinópolis, Igor Carvalho também relatou melhora no nível de segurança na cidade, apesar de a lei proibir o porte de arma por guardas municipais de localidades com menos de 50 mil habitantes, como é o caso daquele município do Sudoeste Goiano. “Só com o uso da viatura durante as rondas já percebemos a diferença”, contou ele. “O cidadão passou a ter tranquilidade para fazer suas caminhadas e outras atividades”.


O juiz Sérgio Brito afirmou ser favorável à implantação do órgão em Jataí. “Torço para este projeto e para que tenhamos a nossa Guarda Civil Municipal, para somar forçar com a polícia na proteção de nossa população”, disse o magistrado.
Postar um comentário

Parabéns Jataí


Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.