Jataí mais segura

Jataí mais segura

Rádio Ideias - Programa Frequência de Classe nº 26

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

sábado, 16 de julho de 2016

Maguito Vilela assegura que não disputará mais eleições: “Agora é a vez de Daniel”

Prefeito de Aparecida de Goiânia afirma que quer que Daniel construa seu espaço e que agora fica nos bastidores

Por Amanda Damasceno/Opção
O prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), defendeu nesta sexta-feira (15/7) sua aposentadoria política ao término deste mandato. Segundo o peemedebista, não há nenhuma dúvida dessa decisão que foi tomada para que o filho, o deputado federal Daniel Vilela (PMDB), tenha a oportunidade de construir seu próprio espaço.

“Eu não estou deixando a política porque quero deixar ou porque não tenho motivação, estou deixando porque tenho um filho que é político e eu não quero misturar as coisas. Dois da mesma família disputando, às vezes, cargos parecidos acaba atrapalhando e eu não quero atrapalhar. Quero que agora ele construa a vida pública dele e eu vou ficar nos bastidores”, explicou.

Em seguida, afirmou que a única possibilidade de concorrer em 2018 é se Daniel Vilela [PMDB] não quiser disputar nenhum cargo. “Ou ele ou eu vamos disputar as eleições, mas como ele é jovem, cheio de ideais e com toda a motivação, ele é a bola da vez”.

Quanto à possibilidade de um movimento “Volta Maguito” a exemplo do que ocorreu com Iris, ele defende que isso não vai ocorrer, porque a população vai entender seus motivos. Para ele, isso ocorreu com o ex-prefeito de Goiânia porque ele liderava todas as pesquisas e é um líder que já foi testado e aprovado.

Fica Iris

Durante mobilização que pedia que Iris Rezende reconsiderasse a aposentadoria política ocorrida nesta sexta-feira, Maguito afirmou que a construção de outra candidatura do PMDB para a prefeitura de Goiânia seria muito difícil a esta altura.

Para o prefeito de Aparecida, Iris seria o melhor nome para a prefeitura de Goiânia por sua experiência, história e competência tanto administrativa quanto política, que seria muito desejada no atual momento do país. A visão seria compartilhada por todo o PMDB. “Na verdade, o partido é 100% Iris e sempre foi.”

Com a decisão do decano de não ser mais candidato, Maguito afirmou que o partido deve conversar com os nomes disponíveis. “Se não construir outro nome, ou não tiver ninguém disposto, o partido pode e deve apoiar candidato de outro partido. Se a gente não tem candidato ideal, mas o PT, o PSDB, o PTB, o PSC tiverem, por que não apoiá-los?”, questionou.
Postar um comentário

Parabéns Jataí


Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.