Rádio Ideias - Programa Frequência de Classe nº 24

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Homem é assassinado a tiros em Rio Verde.

Ilustrativa
DE ACORDO COM A POLÍCIA CIVIL ELE ERA SUSPEITO DE INTEGRAR UM GRUPO QUE PRATICAVA FURTOS E ROUBOS NA ZONA RURAL

Na manha desta segunda-feira (05) Paulo Ricardo Freitas Costa de 28 anos, vulgo “Paulo Doido”, foi executado a tiros quando estava dentro da caminhonete dele estacionada na Avenida 77 no Bairro Popular em Rio Verde. Testemunhas contaram que um homem que estava em um veículo Fiat Uno efetuou pelo menos cinco tiros contra a caminhonete.

A polícia suspeita que ele estivesse falando ao celular quando foi atingido. O autor do crime fugiu do local sem ser identificado.

A Polícia Civil ainda não traçou uma linha de investigação, mas considera a suspeita de acerto de contas relacionado aos crimes cometidos pela vitima.

Paulo Doido era bastante conhecido no meio policial e havia sido preso no ano passado, na Fazenda Rio Verdinho, na GO-333 em Rio Verde.

Na época a Policia Civil informou que ele era suspeito de integrar um grupo de furto e receptação de máquinas agrícolas, implementos, fertilizantes e defensivos agrícolas em cidades como; Rio Verde, Montividiu, Santa Helena de Goiás, Caçu e Jataí.
No local foram encontradas munições, duas pranchas e implementos furtados a menos de 60 dias em fazendas de Rio Verde e Montividiu.

Agentes do Grupo Especial e Repressão a Crimes Patrimoniais (GEPATRI), na época comandado pelo Delegado Danilo Proto, investigaram o furto destes produtos há trinta dias quando tiveram a informação de que os maquinários pudessem estar naquela região.
Uma das pranchas já estava com numeração raspada, além disso, alguns implementos também foram apreendidos por não terem sua origem comprovada. Na casa da fazenda foram aprendidas as munições.
O suspeito foi conduzido à Delegacia de Policia, autuado em flagrante por receptação, posse ilegal de munição e encaminhado para Casa de Prisão Provisória.
Há cinco dias ele já havia sido preso pela Policia Civil em Santa Helena de Goiás juntamente com outros quatro homens, com uma grande quantidade de fertilizantes furtados em uma fazenda de Rio Verde.
Na ocasião todos os envolvidos foram autuados por receptação e associação criminosa, mas Paulo Ricardo já estava em liberdade. (Fonte: Patrulha RV)
Postar um comentário

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.