Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Refiz 2017

Refiz 2017

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Pai mata próprio filho após discussão sobre ocupações em escolas

Após atirar contra estudante, engenheiro de 60 anos cometeu suicídio. 
Crime aconteceu no final da tarde desta terça-feira (15), no Setor Aeroporto na capital Goiânia

Por Marcelo Gouveia/Opção
Um homem de 60 anos matou o próprio filho, de 20 anos, e logo em seguida cometeu suicídio, em Goiânia, nesta terça-feira (15/11). O caso aconteceu no final da tarde, na Avenida República do Líbano esquina com a Rua 59A, no Setor Aeroporto, em Goiânia.

Segundo informações da polícia, o engenheiro Alexandre José da Silva Neto não aceitava que seu filho, o estudante Guilherme da Silva Neto, estivesse envolvido com movimentos sociais e de ocupação de escolas na capital. O conflito de ideias pode ter provocado a discussão que resultou na tragédia.

Imagens feitas por moradores da região mostram o idoso conversando com o filho, que estava sentado na calçada. Após discussão, o homem abraçou a vítima, atirou contra ele e logo depois na própria cabeça.

Um vídeo que circula na internet mostra pai e filho deitados um em cima do outro instantes após o crime. As imagens são fortes, se está disposto a ver, clique aqui.

O jovem morreu na hora. Já o idoso chegou a ser levado ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugol), mas não resistiu e morreu no hospital.

Guilherme Neto é filho da delegada aposentada da Polícia Civil de Goiás Rosália de Moura Rosa Silva. O caso está sendo investigado pela Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH).
Postar um comentário

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.