Jataí mais segura

Jataí mais segura

Rádio Ideias - Programa Frequência de Classe nº 37

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Com 183 metros, prédio erguido em Goiânia será o 2º mais alto do Brasil

No empreendimento, de 50 andares, funcionarão hospital, hotéis e shopping. 
Orçada em R$ 350 milhões, obra deve terminar no próximo mês de outubro.

Sílvio Túlio/Do G1 GO
Com foco nos serviços médicos, um grupo de quatro incorporadoras prevê finalizar até o próximo mês de outubro o prédio que será o segundo mais alto do Brasil. Do subsolo até a ponta do pináculo - uma espécie de antena que fica no topo do imóvel -, o Órion Business e Health Complex terá 183,43 metros distribuídos entre 50 andares. Um hospital funcionará na unidade, que também contará com consultórios, hotéis e shopping.

Gestor técnico e financeiro da obra, o engenheiro Frank Guimarães de Campos ressalta que, por alguns dias, o empreendimento - que também será o maior de Goiás - liderará o ranking dos mais altos. Isso porque ele será entregue antes de um imóvel localizado em Santa Catarina, que terá 240 metros, e tomará o primeiro lugar no quesito.

Campos, no entanto, diz que a questão não o deslumbra e que quer o imóvel é reconhecido por outras qualidades. "O grande negócio é fazer uma medicina de alta qualidade, servir bem esta área. A ideia principal é essa. O resto é consequência", afirmou ao G1.

A fundação começou a ser feita em março de 2014. Atualmente, 550 homens trabalham no local e a previsão é que esse número aumente para 700 nos dias mais próximos da conclusão. O valor total da obra é estimado em R$ 350 milhões.

Estrutura
No total, o Órion terá uma área construída de 124,7 mil m², localizada na convergência entre as Avenidas Portugal e Mutirão, no Setor Marista, um dos mais nobres da capital goiana. São três pavimentos térreos e mais 47 andares. No último deles, haverá um restaurante aberto ao público com visão de 360º.

O fornecimento de energia elétrica ocorrerá através de uma linha de distribuição exclusiva, vinda direto de uma subestação. O sistema de captação de esgoto também foi ampliado na região.

Haverá 1,4 mil vagas de garagem, sendo possível adentrar 100 veículos simultaneamente no local. Os acessos serão somente pelas Avenidas T-51 e Portugal, justamente para não competir com o trânsito da Mutirão, a via mais movimentada. Recuos na calçada com pistas de desaceleração para não tumultuar o tráfego também serão construídos.

Dois hotéis, sendo um cinco estrelas, funcionarão no prédio, oferecendo 260 quartos. Um shopping com 62 duas lojas e mais espaços de entretenimento, alimentação e lazer também será um atrativo.

Hospital
No entanto, a maior parte do Órion será destinada para atividades médicas. Um hospital privado, que segundo os responsáveis, será o maior de Goiás, vai funcionar em seis andares. Segundo o engenheiro, tudo será de primeira linha, inclusive o padrão de atendimento.

"O hospital de ponta é o coração do empreendimento. Queremos chegar ao melhor nível possível e, por isso, toda a implantação é acompanhada por uma equipe do Hospital Albert Einstein, de São Paulo, a maior referência do país na área. Teremos aqui o que há de mais moderno na medicina em relação a equipamentos, logística e treinamento do corpo clínico", destaca.

Com previsão para começar a operar em maio de 2018, o hospital terá 200 leitos normais e outros 40 de UTI humanizadas. Compõem ainda o complexo 12 centros cirúrgicos de alto padrão, centro de imagens e uma área para oncologia e radioterapia.

Os outros andares possuem 673 salas, das quais, 95% já foram comercializadas. Do total, mais de três quartos foram adquiridos por médicos com o intuito de montar consultórios. Os escritórios podem ainda servir para outras funcionalidades, como departamentos jurídicos e empresariais.
Postar um comentário

Parabéns Jataí


Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.