Jataí mais segura

Jataí mais segura

Rádio Ideias - Programa Frequência de Classe nº 26

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Parque Tecnológico pode revolucionar agronegócio com energia fotovoltaica

Paulo Araújo, consultor nacional do Sebrae, deputado Francisco Júnior (PSD)
e Sílvio Sakata, representante do conglomerado chinês Chint, discutem criação
de parque tecnológico em Goiânia.
Foto: André Costa / Jornal Opção
Sebrae, iniciativa privada e governo estadual analisam proposta de utilizar área do Parque de Exposições Agropecuárias da capital para criar polo de formação de mão de obra qualificada para o setor econômico no Estado

Por Augusto Diniz/Opção
A área conhecida como Pe­cuária de Goiânia, o Par­que de Exposições Agro­pecuárias de Goiâ­nia, que pertence à Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA), pode ga­nhar uma nova destinação, além de re­ceber a Festa Agropecuária do Es­ta­do de Goiás. Casa da Festa A­gro­pecuária, que em 2017 chega a sua 72ª edição, o local fica praticamente sem ser utilizado no restante do ano.

Marcada para acontecer entre os dias 19 e 28 de maio, a agenda do Parque de Exposições Agro­pe­cu­árias de Goiânia recebe poucos e­ventos isolados ao longo do ano. Por isso, não só para pensar em uma nova utilização da área, o deputado Fran­cisco Júnior (PSD) convidou, em 2015, representantes de três setores para discutir a criação de um projeto que possa ocupar a área da SGPA na capital com o objetivo de trazer desenvolvimento ao mercado do agronegócio.

Das primeiras conversas surgiu a proposta de apresentar um projeto para criação do Parque Tecnológico de Agronegócios. Identificado como interlocutor da iniciativa, o deputado tem atuado em conjunto com Paulo Araújo, que é consultor nacional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Em­presas (Sebrae), e Sílvio Sakata, representante da China Tomorrow (Chint), um conglomerado de em­presas chinesas.

Em todo o Brasil existem 94 iniciativas de parques tecnológicos, 28 deles em fase de operação. O número representa a criação de 32,2 mil empregos diretos, de acordo com números do Ministério de Ciência e Tecnologia. Mas não há qualquer iniciativa voltada para a área do agronegócio. “Essa seria a primeira com foco nesse setor de atividade econômica”, explica o parlamentar.
Postar um comentário

Parabéns Jataí


Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.