Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Refiz 2017

Refiz 2017

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Morre cantor Jerry Adriani, ídolo da Jovem Guarda

Artista tinha 70 anos e enfrentava tratamento contra um câncer. 
Ele estava hospitalizado desde o último dia 10 de abril

Por Larissa Quixabeira/Opção
Morreu na tarde deste domingo (23/4) o cantor, ator e ídolo do movimento da Jovem Guarda, Jerry Adriani. A família confirmou a morte do cantor que tinha 70 anos e enfrentava um câncer. Ele estava internado desde o último dia 10 no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Informações sobre velório e enterro ainda não foram divulgadas.

Nascido Jair Alves de Souza, no bairro do Brás, em São Paulo, adotou o nome artístico de Jerry Adriani quando começou sua carreira como cantor, em 1964, quando lançou sem primeiro disco “Italianíssimo”. O grande sucesso que o fez ficar conhecido veio um ano depois, em 1965, com o lançamento de “Um Grande Amor”.

Na década de 1960 foi apresentador dos programas “Excelsior a Go Go”, da TV Excelsior, um musical com apresentações de artistas como Os Vips, Os Incríveis e Cidinha Santos, coapresentado por Luiz Aguiar, e “A Grande Parada”, da TV Tuppi, no qual apresentava grandes nomes da MPB do momento.

Também atuou em filmes como Essa Gatinha É Minha, ao lado de Peri Ribeiro e Anik Malvil e  com direção de Jece Valadão. Atuou ainda nos filme Jerry, a Grande Parada e Jerry em Busca do Tesouro.

Um de seus últimos trabalhos foi a gravação do CD e DVD Acústico ao Vivo, em 2008. Entre seus grandes sucessos estão as músicas Doce, Doce Amor, Querida, Tudo que É Bom Dura Pouco e Amor Querido.
Postar um comentário

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.