Jataí mais segura

Jataí mais segura

Rádio Ideias - Programa Frequência de Classe nº 26

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Tudo acontece na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás

De aumento de verbas a dia do pastor. 
Essa é a nossa Assembleia Legislativa do Estado de Goiás

Assembleia aumenta verba que pode ser gasta com comissionados, em Goiás
Atos da mesa diretora reajustaram valor de R$ 69 mil para R$ 75 mil, além do crescimento no número de servidores. População critica medida.

sembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) decidiu aumentar a verba de gabinete que cada um dos deputados pode gastar com servidores comissionados. Com a mudança, o valor subiu de R$ 69 mil para R$ 75 mil, um reajuste de 8%. O número de servidores também irá crescer. A medida foi emplacada em pleno período de debate de Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do governo para cortar gastos públicos nos próximos dez anos.

A decisão foi tomada por atos da mesa diretora. O presidente da Casa, deputado José Vitti (PSDB), justificou que o aumento foi dado antes na Câmara Federal e apenas repassado a Alego. "Houve o aumento em Brasília e nós aumentamos aqui na medida proporcional do que foi feito lá", afirma.
Após a definição sobre a verba de gabinete, ficou houve um acordo unânime entre os parlamentares que o montante seria usado para contratação de mais assessores.

Com isso, o quantitativo também mudou. Antes, o número máximo de comissionados por deputado era de 35 e agora passou para 38. Subiu ainda de 7 para 10 os servidores que podem ser cedidos pelo estado para trabalhar nos gabinetes e atuar sem bater ponto.

Atualmente, a Alego possui 347 servidores efetivos e 2.613 comissionados. Estes últimos podem aumentar para 2.874 em virtude da nova medida.  Fonte: G1 Goiás

Deputados estaduais querem instituir Dia do Pastor em Goiás

Por Marcelo Gouveia/Opção
Caso projeto de lei seja aprovado, data será comemorada no segundo domingo de julho

Tramita na Assembleia Legislativa de Goiás um projeto de lei que institui no Estado o Dia do Pastor, a ser comemorado, anualmente, todo segundo domingo do mês de julho.

A proposta, protocolada com o número 1043/17, é de autoria dos deputados Jeferson Rodrigues (PRB), Simeyzon Silveira (PSC) e Daniel Messac (PSDB).

Se aprovada, a data instituída pelo texto do projeto passará a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Estado de Goiás.

“A proposta é meritória, e tem por finalidade prestar uma justa homenagem ao Pastor Evangélico. É válido ressaltar que não se trata de um profissional evangelista, mas sim de um oficio de um sacerdócio, ao cuidar do seu rebanho e das suas necessidades espirituais”, justifica os parlamentares na proposta.
Postar um comentário

Parabéns Jataí


Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.