Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Refiz 2017

Refiz 2017

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

quinta-feira, 8 de junho de 2017

STF tira Daniel Vilela e Maguito da lista dos investigados da Lava Jato

O Supremo Tribunal Federal (STF) tirou o deputado federal Daniel Vilela (PMDB) e o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), da lista dos investigados no âmbito da Lava Jato. 

A decisão, assinada pelo próprio relator da Lava Jato no Supremo, ministro Edson Fachin, atendeu a um pedido da defesa de Daniel Vilela. Com o deferimento do pedido, o inquérito será redistribuído pela presidência do STF nos próximos dias para algum dos ministros da corte. 

A decisão é o reconhecimento de que não há qualquer ligação do deputado com os fatos investigados no âmbito da Lava Jato. “Trata-se do próprio ministro Fachin atestando que não tenho nada com a Lava Jato e acredito que a decisão também contribuirá para que essa investigação seja concluída com mais celeridade, já que os demais ministros do Supremo estão menos sobrecarregados”, afirmou Daniel Vilela. 

 O deputado lembra que o próprio delator, o ex-diretor da Odebrecht Ambiental Alexandre Barradas, ao citar supostos pagamentos feitos pela empresa a uma terceira pessoa a título de contribuição de campanha, afirmou aos investigadores que não conhece Daniel Vilela, que nunca discutiu doações eleitorais ou qualquer contrapartida à Odebrecht com o então prefeito Maguito Vilela e não soube especificar nem o valor da doação que alega ter feito de forma não declarada. 

 Lista de Fachin Em abril, o ministro Fachin divulgou uma lista que determinou a abertura de inquérito contra 83 políticos de todo o país. De Goiás, aparecem apenas o deputado federal e o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, Daniel e Maguito Vilela (PMDB), respectivamente. Os dois eram acusados de terem recebido R$ 1 milhão e R$ 500 mil via caixa dois para as campanhas de 2014 e 2012, respectivamente. Fonte: Jornal Opção
Postar um comentário

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.