Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Refiz 2017

Refiz 2017

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Sudoeste Goiano em foco - Caiapônia

Criminosos explodem dois bancos e fazem tiroteio em Caiapônia
Delegado diz que crime faz parte da modalidade chamada de 'Novo Cangaço'.

Por Murillo Velasco, G1 GO
Duas agências bancárias foram explodidas nesta quarta-feira (19) em Caiapônia, na região sudoeste de Goiás. Uma câmera de segurança flagrou o momento em que o grupo chega a um dos bancos e, fortemente armado, destrói o local (veja vídeo acima). De acordo com a Polícia Civil, a quantia levada pelos criminosos ainda não foi contabilizada.

Veja vídeo

Segundo o delegado Marlon Souza Luz, a quadrilha faz parte do chamado “Novo Cangaço”, modalidade especializada em assaltos com explosões de agências e caixas eletrônicos de cidades do interior do estado.

“Eles chegam em um número relativamente grande de homens fortemente armados, com fuzis, entre outras armas, efetuam diversos disparos. Essa é a forma como eles agem para explodir os caixas eletrônicos”, explicou o delegado.

O assalto aconteceu nesta madrugada em agências da Caixa Econômica Federal e de um correspondente bancário do Bradesco. As imagens mostram uma caminhonete estacionando em frente à agência da Caixa. Dois homens descem do carro, vão em direção ao banco e outro fica do lado de fora, com uma arma na mão. A dupla sai do local e, minutos depois, a explosão acontece.

Segundo o delegado, a ação dos criminosos durou cerca de meia hora. Eles chegaram a render funcionários da limpeza que recolhiam lixo das ruas. Os disparos atingiram uma loja que fica em frente a um dos bancos.

O aposentado Francisco Bezerra, que mora próximo ao local, disse que ouviu o barulho das explosões e ficou assustado. “Escutei bombas e tiros também, desceram dando tiros rua abaixo, o povo ficou tudo assombrado”, desabafou.

De acordo com investigador, nenhum suspeito foi preso até a publicação desta reportagem.
Em nota enviada ao G1, o Bradesco informou que "está avaliando os danos causados para restabelecer o atendimento o mais breve possível. Detalhes do ocorrido podem ser consultados no boletim de ocorrência".

A reportagem também pediu um parecer para a Caixa Econômica Federal e segue no aguardo do posicionamento.

Postar um comentário

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.