Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Concurso Público Municipal

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Últimas Notícias - Boletim Linkedin Jataí News

Divulgação
Greve causou impacto de R$ 15 bilhões na economia. 
Esse é o cálculo da equipe econômica do Ministério da Fazenda. Segundo o time do ministro Eduardo Guardia, a paralisação dos caminhoneiros custou ao país 0,2% do PIB. Guardia afirmou também que algumas estimativas sobre o impacto da greve estavam exageradas e que os economistas já vinham observando perda de ritmo da economia antes da paralisação. A previsão oficial para crescimento da economia em 2018 é de 2,5%, mas o ministro já admite rever o valor – a visão do mercado é de que o PIB não vá crescer mais do que 2% em 2018.

À espera de acordo com Boeing, Embraer dispara na Bolsa. 
As informações divulgadas nesta terça-feira (12) de que as negociações entre as empresas brasileira e americana deram mais um passo fez os papéis da Embraer dispararem, fechando a R$ 24,78 – uma valorização de 6,12%. A Bloomberg informou que o presidente Michel Temer – que possui poder de veto no negócio – endossou o acordo após a aprovação das Forças Aéreas, do Ministério da Defesa e da Secretaria de Assuntos Estratégicos. A notícia da união entre Embraer e Boeing circula desde dezembro.

Vendas de computadores crescem 21% no Brasil. 
A escalada é notada em comparação do primeiro trimestre de 2018 com o mesmo período do ano passado. De janeiro a março, foram vendidos no país 1,34 milhão de computadores, contra 1,1 milhão de unidades comercialização no primeiro trimestre de 2017. O setor movimentou R$ 3,01 bilhões, valor 22,6% maior do que no ano passado. A consultoria IDC Brasil, que compilou os dados, aposta que a manutenção dos preços foi fator fundamental para o crescimento.

Nível de concentração bancária cresceu no país. 
A conclusão é do Banco Central, que mostrou nesta terça-feira que o país é o segundo no ranking mundial de concentração dos sistemas bancários – ficando só atrás da Holanda. O documento publicado pelo BC revela que, em 2016, os cinco maiores bancos do País (Caixa, Banco do Brasil, Itaú Unibanco, Bradesco e Santander) controlavam 82% dos ativos. Uma década antes, esse número era de 60%. O relatório é feito com base em dados do Banco de Compensações Internacionais (BIS).

Häagen-Dazs não terá mais lojas próprias no Brasil. 
A marca de sorvetes decidiu fechar as oito sorveterias que funcionavam nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Os produtos continuarão sendo vendidos em supermercados, padarias e restaurantes. Em nota, a companhia explicou a decisão com o argumento de que pretende “acelerar o crescimento no país” direcionando seus investimentos para a distribuição em canais de varejo. A nova estratégia se restringe à operação no Brasil. Marcas como Bacio di Latte e Ben & Jerry's, concorrentes da Häagen-Dazs, vendem sorvetes tanto em estabelecimentos comerciais quanto em lojas físicas.
Postar um comentário