Festa Legal é festa com alvará


Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Após BRF fechar área de frigorífico em Mineiros, funcionários buscam outros empregos

Casal busca novos empregos após mudança na BRF de
Mineiros (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Estimativa é que 50% dos empregados do setor de perus foram demitidos. Granjeiros também ficaram sem trabalho e tentam recolocação.

Por Vitor Santana, G1 GO
Funcionários da BRF e criadores de aves de Mineiros, no sudoeste de Goiás, estão buscando novos empregos após a empresa anunciar redução no número de abates nas unidades de todo o país. Na cidade, a linha de produção de perus foi fechada e 50% dos empregados foram demitidos. O comércio no município também sentiu o impacto com o aumento do desemprego.

A BRF informou que vai realocar parte dos funcionários em outras áreas e tentar encontrar soluções junto com os criadores de aves para minimizar o impacto.

O granjeiro Lourisvaldo da Conceição se mudou com a mulher da Bahia para Mineiros há quatro anos. 
Eles trabalhavam nas granjas de perus mas, devido às mudanças, perderam o emprego. “Se eu não arrumar outro emprego, a única solução minha é ir embora”, disse o granjeiro.

Sem emprego no campo, muitas pessoas estão buscando emprego na cidade. Porém, não há vagas para todos. Com tanto desemprego, até o comércio já começou a sentir os efeitos. Em alguns setores, as vendas caíram 40%.

As lojas deixaram de atender clientes e começaram a receber uma grande quantidade de currículos, grande parte deles de funcionários da BRF.

“Mulheres procuravam mais empregos em lojas, mas hoje até os homens estão procurando. Isso acontece pelo fato de não ter emprego na cidade”, disse a vendedora Karollayna Ribeiro da Silva.

A BRF informou que metade dos trabalhadores que atuavam na linha de perus será realocada em outros setores da fábrica ou em unidades de outras cidades. Todas as outras áreas, como fábrica de ração e granjas de frango continuam funcionando normalmente. A empresa informou ainda que vai entrar em contato com todos os produtores da região nas próximas semanas para comunicar os próximos passos das mudanças.
O frigorífico de Mineiros fazia o abate de 23 mil perus por dia. Porém, após a BRF suspender as atividades, quase 500 funcionários já foram demitidos das granjas.

“A BRF ficou de dar uma posição de uma situação em que essas granjas seriam transformadas em granjas para produção de frango, mas essa resposta não veio ainda. Estamos muito ansiosos, esperando que isso aconteça, porque senão serão 10 anos de investimentos perdidos”, disse Fábio Leme, vice-presidente da Associação dos Avicultores Integrados da Perdigão Mineiros.
Postar um comentário